Revista Oeste - Eleições 2022

Governo de São Paulo anuncia redução no ICMS dos combustíveis

Cobrança da alíquota vai cair de 25% para 18%
-Publicidade-
Garcia publicou ataques contra o concorrente ao Palácio dos Bandeirantes | Foto: Governo de SP
Garcia publicou ataques contra o concorrente ao Palácio dos Bandeirantes | Foto: Governo de SP

O governo de São Paulo anunciou nesta segunda-feira, 27, a redução do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) dos combustíveis. A alíquota será cortada de 25% para 18% em todo o Estado e já vale a partir de hoje.

“Nós estamos implantando imediatamente a redução proposta pela lei federal sancionada pelo presidente Jair Bolsonaro e nossa expectativa é que essa decisão cause um efeito na bomba”, disse o governador Rodrigo Garcia (PSDB).

A sanção do presidente da República, Jair Bolsonaro (PL), foi publicada na edição do Diário Oficial da União na quinta-feira 23. Pelo texto, diesel, gasolina e energia elétrica passaram a ser itens essenciais e indispensáveis, o que impede que os Estados cobrem taxa superior à alíquota geral de ICMS, que varia de 17% a 18%, dependendo da localidade.

-Publicidade-

Segundo o levantamento feito pela Secretaria da Fazenda paulista, a redução na alíquota deverá provocar um impacto de até 50 centavos no preço final aos consumidores. Atualmente, de acordo com a Agência Nacional do Petróleo, o preço médio do combustível no Estado é de R$ 6,97.

“O ICMS não é e nunca foi o vilão do preço dos combustíveis neste país. Nós temos uma política de preços que é da Petrobras, que é nacional. Portanto, o governo de São Paulo aplica essa redução nas alíquotas, comprometendo os investimentos na saúde, na educação e em outras áreas, com o objetivo de dar a contribuição ao país neste momento”, disse o governador.

Segundo o governo estadual, com a redução, São Paulo vai deixar de arrecadar R$ 4,4 bilhões. Desse montante, 30% iriam para a área da educação, 12% para saúde e 1% para ciência. “Então, você tem na ponta da linha menos dinheiro para os investimentos do Estado”, observou o governador.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

19 comentários Ver comentários

  1. Sr. Rodrigo Garcia, o que esta fazendo neste momento é um ato de pura safadeza, pq quando o DORIA subiu a alicota dos combustíveis, dos remédios, dos pedágios, aumentou os descontos dos func. publicos aposentados, vc estava junto e não fez nada, e agora esta necessitando de votos, vem com estas promessas vazias, o PSDB acabou vc tem que acordar para vida, safado.

  2. PSDB, sempre um bando de safados oportunistas. O vilão de fato não é o ICMS. São políticos como esse, o dória, e tantos outros dessa gangue. Agora, incrível, estou vivendo épocas que um governo federal resolve problemas abaixando impostos. Que sonho.

  3. E não temos NADA!
    NÃO TEMOS SEGURANÇA, pois a Policia..TODAS,, tão de mimizinhos ora com salários, ora com corregedoria, ora com as câmeras…NÃO TRABALHAM…mas acham que SIM.
    Se vc tem um nóia na sua porta, no meio da rua/avenida ou te enchendo o saco…Os PM não querem que vc reclame com eles.
    Se você tem um meliante, desgraçado, te fechando, passando faixa/sinal e toda sorte de delito.. encostando na sua traseira, etc, etc… a PM não quer nem saber “do porque’ o meliante esta fazendo isso.
    A PM NÃO TRABALHA! só VINGE e chora salário!
    Praticam a Tolerância zero com que reclama ..esse é o lema da atual PM BRASILEIRA!

    Na saúde pública mesma coisa…MÉDICOS NÃO TRABALAHAM mas também não pedem demissão.
    Fazem deboche das pessoas nos hospitais públicos. e mandam pra casa.
    30 anos de socialista DEU nisso…todo mundo acha que ganha pouco e TRABALHA MUITO…só que não!

  4. MENTIROSO!!
    25% NÃO É IMPOSTO É DESPROPRIAÇÃO ,,,CANALHAS….MIL VEZES CANALHAS!

    Impostos NÃO DEVERIAM passar de 10%….e OLHE lá

  5. É sempre essa conversinha de q vai faltar para a saúde e educação. Com a subida absurda do preço internacional do petróleo, dado q a alíquota do ICMS estava fica em 25% em SP (alguns estados cobram 35%!) a arrecadação desse imposto explodiu aumentando sobremaneira o dinheiro obtido. De outro lado, até agora não se viu absolutamente nada nos estados de revolução na saúde e educação. Pelo contrário, os jovens da educação pública ficaram sem aulas por quase dois anos!?! E na saúde devido à COVID teve o governo federal aportando fortemente. Outro exemplo é o fato q estados e prefeituras foram CONTRA o aumento do piso salarial dos professores engendrado pelo governo federal, apesar de toda essa super arrecadação de ICMS. Então conta outra governador. As melhores uvas para produção de vinho são as que sofrem restrição de água e constante choque térmico. Da mesma forma, governos devem aprender a viver sob choque e pressão e entregar muito arrecadando muito pouco.

  6. Agora vai reduzir JUDUCIALIZOU AÇÃO CONTRA A REDUCAO. Só porque está no BICO DO CORVO na eleição para Governo dd São Paulo. #TarcisioGovernador #FechadoComBolsonaro #EuQueroVotoImpresso #lulaNaCadeia

  7. É só tirar da publicidade que seu Doria direcionou no orçamento, o governador sempre querendo fazer política. Quando o Doria disparou as alíquotas de impostos, na pandemia o Sr era o vice, ficou caladinho, devem ter arrecadado bem neste período, então direciona agora para os investimentos da saúde e da educação. Esta gente pensa que o povo é imbecil!

  8. Imposto é acharcar quem trabalha honestamente nesse país.

    Por isso se chama “imposto”, obrigação de pagar caro para que governantes vivam bem, ou será que alguém acredita que realmente todo o imposto arrecadado, ou quase todo, volta em “benefícios” para o povo contribuinte?

  9. Cabra safado, sem vergonha, sempre cobraram um absurdo de ICMS sobre os combustíveis e agora quer chorar as pitangas? Aprenda a governar respeitando o contribuinte e será um governador respeitado.

  10. Pilantra sem vergonha! Vai deixar de arecadar o caramba! o Governo Federal vai cobrir o valor, conforme a Lei determinou! E ainda falar que ICMS nunca foi vilão? 25%!!! repito: 25% !!!! é muita safadeza.

  11. Somente da gasolina? este Rodrigo Garcia e um bandido, ate onde eu sei esta reducao de 25% para 18% tambem seria para energia eletrica e diesel.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.