Itapemirim vira alvo de processo administrativo do Ministério da Justiça

Empresa terá 20 dias para apresentar defesa no processo
-Publicidade-
Companhia pode receber multa de até R$ 11,3 milhões à companhia
Companhia pode receber multa de até R$ 11,3 milhões à companhia | Foto: Divulgação

O Ministério da Justiça abriu um processo administrativo para apurar a situação da aérea Ita, do Grupo Itapemirim. A ação foi aberta na sexta-feira 24. Na semana passada, a companhia suspendeu as operações, deixando mais de 45 mil consumidores sem as passagens já compradas para o fim deste ano.

A Ita terá 20 dias para apresentar defesa no processo. Ao fim da apuração, a Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon), vinculada ao governo federal, poderá definir multa de até R$ 11,3 milhões à companhia — valor máximo previsto em lei. O Procon também pode aplicar multa semelhante.

Conforme a Justiça, a prática da Itapemirim viola diversos pontos do Código de Defesa do Consumidor, entre eles:

-Publicidade-
  • O reconhecimento da vulnerabilidade do consumidor no mercado de consumo;
  • O direito básico à “informação adequada e clara sobre os diferentes produtos e serviços, com especificação correta de quantidade, características, composição, qualidade, tributos incidentes e preço, bem como sobre os riscos que apresentem”;
  • O direito básico à “modificação das cláusulas contratuais que estabeleçam prestações desproporcionais ou sua revisão em razão de fatos supervenientes que as tornem excessivamente onerosas”
  • A garantia de “informações corretas, claras, precisas, ostensivas e em língua portuguesa” sobre serviços oferecidos ou apresentados;
  • A responsabilidade do prestador de serviços por “vícios de qualidade que os tornem impróprios ao consumo ou lhes diminuam o valor, assim como por aqueles decorrentes da disparidade com as indicações constantes da oferta ou mensagem publicitária”.
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.