-Publicidade-

Justiça do Maranhão concedeu saída de Páscoa para 628 presos

Detentos que não voltaram para os presídios até as 18 horas desta terça-feira, 6, são considerados foragidos
Penitenciária de Pedrinhas, em São Luís (MA)
Penitenciária de Pedrinhas, em São Luís (MA) | Foto: Reprodução/Mídias Sociais

Em meio a um dos piores momentos da pandemia de covid-19 no Maranhão, a Primeira Vara de Execuções Penais determinou a saída temporária de Páscoa para 628 detentos do sistema prisional na região da Ilha de São Luís, o que compreende a penitenciária de Pedrinhas. Os detentos receberam a autorização para saída, mas com o compromisso de retornar aos presídios até as 18 horas desta terça-feira, 6 de abril. Os presos que não compareceram no prazo determinado são considerados foragidos. Segundo a Justiça, os detentos beneficiados com a saída temporária têm de seguir uma série de regras, como não consumir bebidas alcoólicas, portar armas ou frequentas festas, bares e similares.

Leia também: “Desembargador suspende toque de recolher em Minas Gerais”

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias.
Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.
-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.