Justiça manda soltar três presos em operação no Jacarezinho

Decisão, assinada pelo desembargador Joaquim Domingos de Almeida Neto, libertou Patrick Francisco, Max de Souza e Vinicius da Silva
-Publicidade-
Operação no Jacarezinho terminou com 28 mortos
Operação no Jacarezinho terminou com 28 mortos | Foto: Reginaldo Pimenta/Agência O Dia/Estadão Conteúdo

O Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJ-RJ) autorizou a liberação de três presos na operação da Polícia Civil na comunidade do Jacarezinho, na zona norte da capital fluminense, que ocorreu em 6 de maio e terminou com a morte de 28 pessoas.

Joaquim Domingos de Almeida Neto, desembargador da 7ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Estado, atendeu a pedido da defesa de um dos réus. A fundamentação do magistrado para liberar os suspeitos da prisão preventiva foi “excesso de prazo na custódia” e demora no oferecimento da denúncia.

-Publicidade-

Com a decisão, Patrick Marcelo da Silva Francisco, Max Arthur Vasconcellos de Souza e Vinicius Pereira da Silva, presos em flagrante sob acusação de prática dos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico, ganharam o direito de aguardar o julgamento em liberdade.

Leia também: “A Lei Fachin por trás do massacre”, artigo de Silvio Navarro publicado na Edição 60 da Revista Oeste

Telegram
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

4 comments

  1. Isso aí doutor desembarga, libera os meninos aí, para continuarem seu trabalho de vigilância da favela, são apenas vigilantes não é doutor?

Envie um comentário

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site