Marco Aurélio vota para derrubar monopólio dos Correios

Ministro diz que “é necessária reestruturação” do setor para “priorizar investimentos nas evoluções tecnológicas”
-Publicidade-
Foto: Divulgação/Agência Brasil
Foto: Divulgação/Agência Brasil | privatização dos correios - bolsonaro - projeto de lei

Ministro diz que “é necessária a reestruturação” do setor, para “priorizar investimentos nas evoluções tecnológicas”

privatização
Foto: Divulgação/Agência Brasil
-Publicidade-

O ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), votou para declarar inconstitucional o monopólio dos Correios nos serviços postais no Brasil.

Mello é o relator de uma ação ajuizada em 2005 por um sindicato. O julgamento teve início nesta sexta-feira, 4.

O ministro disse, em seu voto, que “é necessária a reestruturação” do setor de logística postal, para “priorizar investimentos nas evoluções tecnológicas”.

De acordo com Mello, “por mais que se pretenda modernizar a Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos, a permanecerem as amarras que decorrem da submissão ao sistema de monopólio, os principais prejudicados serão os consumidores finais, enquanto partes mais frágeis e hipossuficientes da relação”.

Leia também: “Correios voltam ao noticiário policial após operação da PF”

O caso é julgado na Arguição de Descumprimento de Preceito Fundamental (ADPF) 70, ajuizada pelo Sindicato Nacional das Empresas de Encomendas Expressas em 2005. A ação ficou mais de 12 anos sem movimentação, até ser digitalizada em março de 2018.

Telegram
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site