Mesmo com redução nos casos de covid, Araraquara anuncia novo lockdown

Legislação municipal fez com que a medida não fosse adotada nos dias com o maior número de contaminações
-Publicidade-
Prefeito de Araraquara Edinho Silva (PT-SP)
Prefeito de Araraquara Edinho Silva (PT-SP) | Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Nesta quinta-feira, 17, a prefeitura de Araraquara (SP) anunciou um novo lockdown em razão da covid-19. A medida segue a legislação do município que entrou em vigor em 24 de maio. A lei estabelece a adoção do isolamento mais restritivo se, por três dias consecutivos, mais de 20% dos testes realizados na cidade derem positivo para a covid-19. Na prática, como o número de testes realizados a cada dia varia, a regra permite a adoção da medida mesmo com uma testagem absoluta de contaminações menor — exatamente o que aconteceu hoje.

Entenda a regra

Em 15 de junho, foram registrados 91 resultados positivos num total 396 testes realizados (22,9%); no dia 16, 199 positivos em um total de 933 testes (20,4%); e, em 17 de junho, 202 positivados em 856 testes realizados (23,5%). Somados os três dias, 492 pessoas foram confirmadas com o vírus e, em todos os dias, o índice ficou acima de 20%, determinando o fechamento previsto em decreto municipal.

-Publicidade-

Entre 9 e 11 de junho, 639 pessoas foram diagnosticadas com a covid-19 — número maior do que o registrado nos últimos três dias (entre 15 e 17 de junho). Entretanto, não foi decretado nenhum lockdown naquele momento. Isso ocorreu porque a proporção de testes positivos não foi superior a 20% por três dias consecutivos, como manda a lei.

O levantamento feito por Oeste revela que em seis outros dias deste mês a soma de diagnósticos positivos em 72h esteve acima do montante registrado entre 15 e 17 de junho.

Em resumo, a imposição do “lockdown automático” não ocorreu no período de 72h em que foram registrados os maiores números de contaminação pelo coronavírus em junho na cidade. Curiosamente, esse parece ser o efeito exatamente oposto ao que a lei pretende.

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

3 comentários

  1. Jamais, em lugar algum e em tempo algum, a extrema esquerda agiu visando preservar vidas humanas ou melhorar a qualidade dessas vidas. Sempre se comportou como um rolo compressor em direção ao poder. O quê, ou quem, esteve no caminho, foi esmagado. É isso que explica o inexplicável que é vermos a extrema esquerda de braços dados com corruptos, que esvaziam cofres públicos, e facções do narcotráfico, que degradam o ser humano até ele perder essa condição (de ser humano). Quem quiser que se engane com a esquerda, mas os fatos são esses e são bem conhecidos.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site