Ministério da Justiça autoriza uso da Força Nacional em terra indígena

Região vem sendo palco, há mais de um mês, de conflitos armados entre índios e garimpeiros
-Publicidade-
Terra indígena yanomami é palco de uma série de conflitos desde o mês passado
Terra indígena yanomami é palco de uma série de conflitos desde o mês passado | Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

O Ministério da Justiça autorizou o uso da Força Nacional de Segurança Pública na maior reserva indígena, em extensão territorial, do Brasil — a yanomami. A região está localizada às margens do rio Uraricoera, em Alto Alegre (RR) e vem sendo palco, há mais de um mês, de conflitos armados entre índios e garimpeiros.

A portaria foi publicada na edição desta segunda-feira, 14, do Diário Oficial da União. A medida é assinada pelo ministro da Justiça e da Segurança Pública, Anderson Torres, e tem validade de 90 dias.

Segundo o texto da portaria, o apoio da Força Nacional será direcionado às “atividades e serviços imprescindíveis à preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do patrimônio, em caráter episódico e planejado”.

-Publicidade-

No fim de maio, o ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou que o governo tomasse medidas para proteger a terra indígena.

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

1 comentário

  1. Dois fatos importantes:
    1- O garimpo é um cancer, independentemente de onde atua

    2- O stf ( em minusculo mesmo) trama desconsiderar o marco temporal na demarcação de terras indigenas….Isso vai incendiar o campo , estimulando invasões e depredações.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site