Ministro promete investimento em energia nuclear

Bento Albuquerque é o titular da pasta de Minas e Energia
-Publicidade-
Governo investirá em energia nuclear, promete ministro
Governo investirá em energia nuclear, promete ministro | Foto: Divulgação/Governo Federal

O Brasil investirá na produção de energia nuclear ao decorrer dos próximos anos. É o que anunciou na noite desta quinta-feira, 3, o ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque. Ele falou sobre o tema ao lado do presidente Jair Bolsonaro e de seu colega de Esplanada dos Ministérios, Ricardo Salles (Meio Ambiente). O trio participou de live.

Leia mais: “Para ministro de Minas e Energia, não faz sentido o Brasil manter estatal de petróleo”

No âmbito de investimentos em energia nuclear, o ministro trabalhará para o aumento dos níveis de produção das duas usinas em atividade em Angra dos Reis (RJ). Reforçou, ainda, que o governo federal irá tirar do papel o projeto de mais uma estruturar no município do litoral do Estado do Rio de Janeiro: a futura usina Angra Três.

-Publicidade-

“Não existe gás carbônico [como consequência da energia nuclear]

Para Albuquerque, ter alto volume da matriz energética vinda do segmento nuclear é “importantíssimo” para o país, pois preserva os níveis de reservatórios das hidrelétricas em momentos de estiagem. Além disso, o ministro destacou o fato de a energia nuclear ser considerada fonte limpa. “Não existe gás carbônico”, reforçou o responsável pela pasta de Minas e Energia.

Independentemente dos futuros investimentos em energia nuclear, Bento Albuquerque destacou o fato de o Brasil ser o único país entre as 20 maiores economias do mundo a ter 85% — ou mais — de sua matriz energética a partir de fontes limpas e renováveis. Por fim, avisou que irá rever o chamado plano nacional de energia, sem revisão há cerca de dez anos.

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

3 comentários

  1. Angra 3 precisa ser concluída. Desde meados dos anos 80 já se fabricam peças e equipamentos para esta usina, em paralelo com as de Angra 2, seria um desperdício monumental não usar o que já foi fabricado, auditado, e entregue para Angra 3

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site