Moraes vota por manter decisão da Segunda Turma que considerou Moro suspeito

Com o entendimento do ministro do STF, o placar do julgamento neste momento é de 3 a 1 pela suspeição de Moro
-Publicidade-
O ministro Alexandre de Moraes, do STF, divergiu do relator, Edson Fachin, em julgamento sobre decisão da Segunda Turma do STF
O ministro Alexandre de Moraes, do STF, divergiu do relator, Edson Fachin, em julgamento sobre decisão da Segunda Turma do STF | Foto: Reprodução/YouTube

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), foi o quarto a votar nesta quinta-feira, 22, no julgamento sobre a manutenção ou não da suspeição do ex-juiz Sergio Moro nos processos relacionados ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) no âmbito da Operação Lava Jato.

Em março, na esteira das anulações das condenações de Lula, a Segunda Turma do STF analisou um habeas corpus apresentado pela defesa do petista e considerou Moro suspeito, por 3 votos a 2 — esta é a decisão julgada pelo plenário da Corte nesta tarde. No dia 15 de abril, o Supremo referendou a decisão de anular as condenações de Lula na Lava Jato, por 8 a 3.

-Publicidade-

Moraes divergiu do relator, Edson Fachin, e se manifestou pela manutenção da decisão da Segunda Turma sobre Moro. “Ao permitirmos que o plenário reanalise uma sessão julgada pela Turma, fora dos casos regimentais, nós estaríamos subvertendo a própria ordem regimental”, disse o ministro.

Leia também: “Maioria do STF decide que processos sobre Lula vão para Justiça do DF”

“Disse e reafirmo: o plenário é soberano no exercício de suas atribuições regimentais. Não há previsão, nessa hipótese, de revisão de decisão de uma Turma”, completou Moraes.

Com o entendimento de Moraes, o placar do julgamento neste momento é de 3 a 1 pela suspeição de Moro.

Leia mais: “Nunes Marques vota por manutenção da suspeição de Moro”

Telegram
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site