-Publicidade-

Pacientes com covid-19 são obrigados a usar pulseiras em cidade paulista

Quem retirar o acessório ou, fazendo o uso dele, for flagrado furando o isolamento domiciliar será multado em R$ 300
Os pacientes que aguardam o resultado do exame usam o adereço com a cor amarela
Os pacientes que aguardam o resultado do exame usam o adereço com a cor amarela | Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil

Em Nova Granada, no interior do Estado de São Paulo, a prefeitura está impondo o uso de pulseiras de identificação a cidadãos com suspeita ou confirmação da covid-19. A medida vale desde a segunda-feira 8. Segundo o decreto municipal, os pacientes que aguardam o resultado do exame usam o adereço com a cor amarela e os moradores diagnosticados com a doença fazem uso da cor vermelha. Quem retirar o acessório ou, fazendo o uso dele, for flagrado furando o isolamento domiciliar será multado em R$ 300.

Leia também: “O novo totalitarismo”, reportagem de capa da Edição 50 da Revista Oeste

“Recebemos muitas denúncias de pessoas que foram testadas positivas ou estavam aguardando o exame andando na rua. Inclusive, denúncias e fotos. Isso nos levou a uma medida mais drástica”, argumentou Tania Liana Toledo Yugar (PSD), prefeita de Nova Granada. “Não queríamos chegar a este ponto, mas precisamos pensar no bem coletivo, pois a pessoa quando testa assina um termo comprometendo-se a ficar dentro de casa. Isso não estava sendo obedecido, então veio a alternativa das pulseiras para um melhor gerenciamento das pessoas.”

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias.
Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

8 comentários

  1. Vindo de uma prefeita totalitária socialista, o que dizer? Tais pulseiras são equivalentes às estrelas de Davi impostas aos judeus nos tempos da Alemanha nazista.

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.