PF deflagra operação contra extração ilegal de ouro e manganês no Pará

Mais de 65 policiais federais participam da ação
-Publicidade-
A Polícia Federal deflagrou na quarta-feira 17 a Operação Guaraci
A Polícia Federal deflagrou na quarta-feira 17 a Operação Guaraci | Foto: Divulgação/Polícia Federal

A Polícia Federal (PF) deflagrou na quarta-feira 17 a Operação Guaraci, que visa a combater a extração ilegal de ouro e manganês em áreas próximo à Linha de Transmissão Xingu/Estreito, no Pará. As linhas são responsáveis pelo envio de energia gerada pela Usina de Belo Monte ao restante do país.

Os agentes cumprem mandados de busca e apreensão expedidos pela Justiça Federal de Marabá (PA). Participam da operação 65 policiais federais, 24 policiais rodoviários e 30 integrantes da Força Nacional. Servidores do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Renováveis (Ibama) e da Agência Nacional de Mineração (ANM) também integram a equipe.

De acordo com a PF, a mineração ilegal na região compromete a distribuição de energia elétrica no país. Com o avanço das escavações, a terra que sustenta as torres pode ceder e derrubar as linhas de transmissão.

-Publicidade-
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

1 comentário Ver comentários

  1. SÓ FALTA O RANDOLFE E DEMAIS ESQUERDOPATAS INGRESSAREM NO STF REQUERENDO A SUSPENSÃO DAS OBRAS, ALEGANDO PERTURBAÇÃO DO
    SOSSEGO DAS FORMIGAS LOCAIS.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.