Polícia carioca procura pedófilo e acha grande coleção de objetos nazistas

Mais de mil itens no valor de 'milhões de dólares' foram achados
-Publicidade-

A Polícia Civil do Rio de Janeiro anunciou a descoberta de uma valiosa coleção de objetos e recordações da Alemanha nazista no último dia 6. Entre os mais de mil itens estavam imagens de Adolf Hitler, bandeiras, uniformes nazistas e medalhas do Terceiro Reich.

Os policiais estavam à procura de um homem de 58 anos acusado de pedofilia, estupro de menor e abuso de crianças. Segundo declaração do detetive encarregado do caso, Luis Armond, à agência Reuters, o acusado tem origem numa rica família de investidores e usava a fortuna familiar para comprar os objetos. “Ele é um sujeito esperto e articulado”, disse o detetive Armond. “Mas nega a existência do Holocausto, é homofóbico, pedófilo e diz que caça homossexuais. Não sou médico, mas ele parece ser um psicopata louco.”

Leia mais: “Livro em quadrinhos homenageia heroína da resistência aos nazistas

-Publicidade-
-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.