Protocolo de segurança da volta às aulas é definido pelo MEC

Normas deverão ser utilizadas pelo sistema federal de ensino, mas podem ser adotadas como base por todas as escolas do país.
-Publicidade-
MEC define regras para volta às aulas do sistema federal de ensino | Foto: PxHere
MEC define regras para volta às aulas do sistema federal de ensino | Foto: PxHere | protocolo, mec, volta às aulas,

Normas deverão ser utilizadas pelo sistema federal de ensino, mas podem ser adotadas como base por todas as escolas do país

protocolo, mec, volta às aulas,
MEC define regras para volta às aulas do sistema federal de ensino | Foto: PxHere

O Ministério da Educação (MEC) definiu um protocolo para a retomada gradual das aulas no sistema federal de ensino, como medida de prevenção contra o coronavírus.

-Publicidade-

A portaria foi publicada nesta quinta-feira no Diário Oficial da União e diz que o cronograma de retorno das atividades deve ser orientado pelo governo local e pelas autoridades sanitárias.

O protocolo está disponível no portal do MEC e traz orientações sobre medidas de prevenção individual e coletiva, como medição de temperatura, limpeza e ventilação de ambientes, uso de máscara, disponibilização de álcool gel 70% e respeito às regras de etiqueta respiratória e de distanciamento social. Também deve ser feito o escalonamento do acesso de estudantes a refeitórios e praças de alimentação.

De acordo com o protocolo, deve-se considerar manter o trabalho e o ensino a distância para servidores e estudantes que fazem parte do grupo de risco para a covid-19, como pessoas acima de 60 anos, gestantes e lactantes, portadores de doenças crônicas ou responsáveis pelo cuidado de pessoas com suspeita ou confirmação de infecção pela doença.

No caso de estudantes de grupo de risco, a escola deve considerar a adoção de estratégias para reposição das atividades, após o fim da pandemia.

As instituições de ensino devem constituir comissão, com a comunidade escolar, para definição e adoção de protocolos próprios, que considerem as regras do Estado e município, com análise dos dados epidemiológicos e orientações das autoridades sanitárias.

O protocolo divulgado hoje poderá ser utilizado pelos demais sistemas de ensino.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.