Queiroga: novo contrato com a Pfizer deve ser fechado até o fim da semana

Segundo ministro da Saúde, que participou de evento promovido pela Fiesp, mais 100 milhões de doses de vacinas contra a covid-19 devem ser adquiridas
-Publicidade-
O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, participou de evento promovido pela Fiesp
O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, participou de evento promovido pela Fiesp | Foto: Reprodução/YouTube

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, confirmou nesta segunda-feira, 3, que um novo contrato com a Pfizer para a aquisição de mais 100 milhões de doses de vacinas contra a covid-19 deve ser firmado ainda nesta semana. A declaração foi dada após a participação de Queiroga em um evento promovido pela Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp).

“Um contrato com a Pfizer já está na iminência de ser fechado, um novo contrato, para 100 milhões de doses de vacina. Ou seja, o Brasil terá à disposição de sua sociedade 200 milhões de doses da vacina da Pfizer. Isso equivale a imunizar cerca da metade de sua população ainda neste ano ano porque esse segundo contrato prevê para o mês de outubro já 35 milhões de doses”, afirmou o ministro.

-Publicidade-

Leia mais: “‘Estamos na iminência de assinar um novo contrato com a Pfizer’, afirma Queiroga”

Segundo a CNN Brasil, antes do início do evento da Fiesp, Queiroga disse que o acordo deve ser fechado até o fim desta semana. “Estamos muito entusiasmados com a perspectiva de vacinar toda nossa população até o final do ano. Estou tranquilo em relação a essa previsão, associada à ampla campanha de vacinação que já estamos fazendo em parceria com Estados e municípios”, completou Queiroga.

Leia também: “Em conferência com OMS, Queiroga pede envio de doses extras de vacinas ao Brasil”

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

1 comentário

  1. alguém que tenha informação confiável sobre o assunto, anota aqui para os leitores da Revista Oeste o que motivou tão longa demora em contratar as vacinas da Pfizer, e o que aconteceu de novo para isso acontecesse agora – será que foram abrandadas as cláusulas leoninas?

Envie um comentário

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site