Rio de Janeiro suspende vacinação da segunda dose da CoronaVac

Município alega falta de entrega de novas remessas do imunizante chinês contra a covid-19
-Publicidade-
Não há estoque de CoronaVac no Rio de Janeiro
Não há estoque de CoronaVac no Rio de Janeiro | Foto: Willian Moreira/Futura Press/Estadão Conteúdo

A prefeitura do Rio de Janeiro informou que terá de adiar a aplicação da segunda dose da CoronaVac, vacina contra a covid-19 produzida pela farmacêutica chinesa Sinovac em parceria com o Instituto Butantan. Serão dez dias de interrupção, segundo o executivo municipal, por causa da falta de entrega de novas remessas do imunizante.

De acordo com o município, a cidade manteve a vacinação com a reserva técnica até agora, mas o estoque se esgotou, como já havia ocorrido em outros municípios fluminenses. “Pelo cronograma do Ministério da Saúde, não haverá reposição da CoronaVac em quantidade suficiente antes do prazo informado”, explicou, em nota, a prefeitura.

Será mantida a aplicação apenas para acamados e idosos acima de 70 anos que já tomaram a primeira dose no município do Rio de Janeiro.

-Publicidade-

Leia também: “Butantan entrega mais 420 mil doses da CoronaVac ao Ministério da Saúde”

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

5 comentários Ver comentários

      1. O carioca tem uma atração por lixo que só Freud explica! Anota aí: Brizola, Juruna, Benedita, Romário, Maia, Janwillis, Freixo, Garotinho, Garotinha, ufa!

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.