-Publicidade-

Romero Jucá aciona a Justiça contra transferência de transformador para o Amapá

Equipamento, que estava em Roraima, será levado para Macapá

Equipamento, que estava em Roraima, será levado para subestação em Macapá

romero jucá - mdb de roraima - transformador - amapá
MDB de Romero Jucá é contra transferência de transformador para Macapá | Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

O ex-senador Romero Jucá é contra a transferência de um transformador de Boa Vista (RR) para Macapá (AP), cidade que em novembro sofreu com apagões. Como presidente do diretório estadual do MDB em Roraima, ele acionou a Justiça contra essa mudança. Conforme noticiado por Oeste, o equipamento já está a caminho da capital amapaense.

Leia mais: “Em Boa Vista, vice é eleito prefeito”

Segundo o diretório emedebista, a ida do transformador para o Amapá pode provocar problemas no fornecimento de energia elétrica em Roraima, único Estado do país a não ser interligado ao sistema nacional de setor. Dessa forma, a legenda liderada por Romero Jucá é contra s movimentação, por mais que ela seja definida como provisória pelo Ministério de Minas e Energia.

[Essa mudança] deixaria o Estado de Roraima em situação total de risco e vulnerabilidade no que tange ao abastecimento e à distribuição de energia”, defende o diretório partidário controlado pelo ex-senador, informa a Agência Brasil. O MDB roraimense ainda lembra o fato de até 2019 o Estado contar com três transformadores, mas ficando momentaneamente apenas com um. Antes do equipamento levado para Macapá, outro foi enviado para o interior do Maranhão.

“É cristalino o prejuízo à população de Roraima, que já convive, há anos, com o péssimo fornecimento de energia elétrica”

“Desta forma, é cristalino o prejuízo à população de Roraima, que já convive, há anos, com o péssimo fornecimento de energia elétrica impondo a privação e o risco de contar com apenas um único transformador, não possuindo qualquer opção reserva para o caso de pane do equipamento remanescente”, registra o diretório do MDB em ação ingressada na Justiça Federal.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Envie-nos a sua opinião, sugestão ou crítica! Fale conosco
-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês