‘The New York Times’: cobertura ‘repetitiva e sem graça’

Postura do jornal sobre o Brasil é analisada por Dagomir Marquezi
-Publicidade-
O The New York Times não realiza um bom trabalho sobre o Brasil, avalia colunista da Revista Oeste | Foto: Canva
O The New York Times não realiza um bom trabalho sobre o Brasil, avalia colunista da Revista Oeste | Foto: Canva | the new york times x brasil - dagomir marquezi

Postura do jornal norte-americano sobre o Brasil é analisada por Dagomir Marquezi

the new york times x brasil - dagomir marquezi
O New York Times não realiza bom trabalho sobre o Brasil, avalia colunista da ‘Revista Oeste” | Foto: Canva

O recente noticiário sobre o Brasil publicado pelo jornal norte-americano The New York Times é motivo de críticas por parte de Dagomir Marquezi. Em artigo publicado na atual edição da Revista Oeste, o colunista cita o fato de a cobertura atual sobre o país ser feita apenas por três profissionais: um colombiano e duas brasileiras. Trio que passa longe de fazer um bom trabalho, pontua o escritor.

-Publicidade-

Leia mais: Conheça a ‘livraria digital’ de Dagomir Marquezi

“A cobertura [do NYT] sobre nosso país durante a 2ª Guerra é especialmente interessante”, escreve Marquezi em trecho de sua análise sobre a publicação baseada nos Estados Unidos, demonstrando que nem sempre ela foi ruim. “Mas o que era jornalismo de qualidade virou hoje uma piada repetitiva e sem graça”, prossegue o jornalista e escritor. Para validar essa afirmação, ele elenca 17 “notícias” veiculadas pelo The New York Times a respeito do Brasil desde o início de 2020. A lista completa está disponível no artigo “A imprensa morre no escuro”.

https://revistaoeste.com/a-imprensa-morre-no-escuro/

Revista Oeste

Diferentemente do jornal The New York Times, a Revista Oeste conta bem mais do que três profissionais para cobrir os fatos a respeito do Brasil. Com isso, a atual edição apresenta reportagens especiais sobre o primeiro turno das eleições municipais e artigos de Ana Paula Henkel, Guilherme Fiuza, Rodrigo Constantino, Augusto Nunes, Frank Furedi e Brandan O’Neill.

Startup de jornalismo on-line, a Revista Oeste é financiada diretamente pela comunidade de leitores. Para fazer parte do grupo e, assim, marcar presença em defesa do liberalismo e da liberdade de expressão, basta clicar aqui, escolher entre os planos disponíveis e seguir os passos indicados. Pronto! Você poderá ir “direto ao ponto” do que realmente importa no jornalismo.

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

1 comentário

  1. A militância a favor dos megalomaníacos e lunáticos dos filmes de ficção de antes, hoje, paga por seus reais protagonistas, jamais poderia ser menos medíocre do que esses que as banca!
    Muito triste e preocupante o cenário atual!

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site