Relatório de ONG é ‘desserviço à população’, diz Aras

O procurador-geral da República também afirma que os argumentos da Transparência Internacional são 'ultrapassados'
-Publicidade-
O procurador-geral da República rebateu o relatório da ONG que o acusa de alinhamento ao governo
O procurador-geral da República rebateu o relatório da ONG que o acusa de alinhamento ao governo | Foto: Rosinei Coutinho/SCO/STF

O procurador-geral da República, Augusto Aras, reagiu ao relatório da ONG Transparência Internacional que o acusa de “alinhamento” ao presidente Jair Bolsonaro (PL).

Em nota institucional, divulgada na quarta-feira 26, o PGR classificou o documento como uma “tentativa irresponsável” de ataque e disse que exerce um cargo “de natureza jurídica, e não de viés político”.

Aras também afirmou que os argumentos da ONG são “ultrapassados” e que a entidade presta um “desserviço à população”.

-Publicidade-

“Ao contrário do que afirmam os autores do estudo, não existe ‘alinhamento sistemático do procurador-geral da República, Augusto Aras, com o presidente da República’, mas, sim, um trabalho que respeita a Constituição, as leis, o devido processo legal e não pratica a exploração midiática de casos em apuração”, informa o texto.

A publicação da Transparência Internacional, disponibilizada na quarta-feira ao público, ressalta que houve uma “retração histórica” da Procuradoria-Geral da República no controle dos atos do governo.

Conduzido por pesquisadores do Direito, Economia e Ciências Políticas, o relatório é publicado anualmente pela Transparência Internacional e traz considerações sobre o trabalho do Executivo, do Congresso, do Judiciário e do Ministério Público Federal.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

22 comentários Ver comentários

  1. Ouviram senhores urubus de toga? Ouviram senhores Prerrogativas? A Constituição ainda existe, apesar de muitos se esquecerem dela dia sim e outro também 😒

  2. As ONG’s são organizações onde prevalecem vagabundos em busca de um porto seguro, sempre foram e continuarão a prestar um desserviço em qualquer lugar do mundo!

  3. Estou para ver alguém da área do judiciário ser considerado alinhado com o Bolsonaro, algumas raríssimas exceções existem, é claro, mas logo o Aras? Além do mais o Aras tem um alinhamento ideológico mais com a esquerda. O que se espera desse tipo de operador do Direito, é de imparcialidade na leitura fria da lei, apenas isso. De resto pode ser até um comunista profundamente arraigado nessa ideologia nefasta, que pouco importa.

      1. silêncio também na safadeza da Rússia em insistir em tomar a Criméia na base da mão -grande.

  4. e sobre a composição atual da Suprema Corte brasileira, essa porcaria chamada Transparência Internacional não está vendo nada? – como sempre disse o já saudoso Prof. Olavo de Carvalho, com raras exceções, ONGs são simples cabide de emprego para legiões de esquerdistas e generosa “vaca leiteira” (entenda-se $$$) para seus dirigentes.

  5. Foi nisso que deu os milicos terem entregado o país na bandeja a esquerda: aparelharam tudo. É a revolução cultural, Gramcismo puro na veia!

    1. Estes doentes pararam no tempo ? Acham que o povo ainda é o otário dos anos 90 , que dava crédito a Che Guevara , Fidel e a opinião internacional ? Onde está o relatório destas famigeradas ONGs, para as barbaridades que este STF ,em uma total subserviência à maior quadrilha do mundo, anda fazendo ??

  6. O Brasil totalmente aparelhado pela esquerdalha idiotizada e que serve aos interesses dos corruptos e dos estrangeiros.
    O MEC se tornou o Ovo da Serpente, sua higienização é vital para bem do País!

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.