Urgente: PF abre inquérito para investigar se Bolsonaro prevaricou no caso Covaxin

Apuração tem origem a partir das afirmações do deputado Luis Miranda, que disse ter alertado presidente sobre irregularidades
-Publicidade-
O presidente Jair Bolsonaro virou alvo de inquérito da Polícia Federal
O presidente Jair Bolsonaro virou alvo de inquérito da Polícia Federal | Foto: Marcos Corrêa/PR

A Polícia Federal (PF) instaurou inquérito para investigar se o presidente Jair Bolsonaro prevaricou no caso das negociações para a compra da vacina indiana Covaxin.

A apuração tem origem a partir das afirmações do deputado Luis Miranda (DEM-DF), que disse ter alertado Bolsonaro sobre irregularidades relacionadas à aquisição do imunizante pelo Ministério da Saúde.

Leia mais: “‘Não vou responder para três bandidos’, diz Bolsonaro sobre carta da CPI”

-Publicidade-

A investigação foi solicitada pela Procuradoria-Geral da República (PGR) após a ministra do Supremo Tribunal Federal (STF) Rosa Weber pedir a manifestação do órgão sobre notícia-crime contra o presidente apresentada por três parlamentares de oposição.

As investigações da PF serão conduzidas pelo Serviço de Inquérito (Sinq) da Diretoria de Investigação e Combate ao Crime Organizado, área responsável por apurações que envolvem autoridades com foro privilegiado, como é o caso do presidente da República.

Leia também: “‘O objetivo da CPI da Covid é desgastar o governo’, afirma Bolsonaro”

No fim de semana, em entrevista à Rádio Gaúcha, Bolsonaro foi indagado sobre o caso Covaxin e afirmou: “Eu tenho reunião com 100 pessoas por mês sobre os mais variados assuntos. Eu não posso, qualquer coisa que chegue a mim, tomar providência imediatamente. Tomei providência nesse caso”.

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site