Vídeo: presos são liberados no DF em ‘saidão’ de Natal

Imagens mostram a multidão de detentos deixando presídio
-Publicidade-

Imagens mostram a multidão de detentos deixando presídio

Saída de presos
Saída de presos no DF | Foto: Reprodução/Redes Sociais

No Distrito Federal, 1.855 presos do regime semiaberto deixaram a cadeia nesta segunda-feira, 21, para a saída temporária de Natal.

-Publicidade-

A decisão é da Vara de Execuções Penais do DF e cumpre o calendário estabelecido pela Justiça. Os detentos devem se apresentar novamente em 28 de dezembro.

Leia mais: Preso com Crivella, ex-delegado ostenta vida de luxo nas redes sociais

Um vídeo que mostra os presos sendo liberados viralizou nas redes socais:

Segundo a Secretaria de Administração Penitenciária, a medida vale apenas presos do regime semiaberto e que têm autorização para trabalho externo ou saídas temporárias.

Aqueles que não retornarem no dia previsto serão considerados foragidos e podem perder o direito ao regime semiaberto. Por lei, os presos têm 35 dias de saídas temporárias ao longo do ano.

Devido à pandemia, os “saidões” ficaram suspensos entre março e o início de setembro deste ano.

A liberação, que acontece em todo o país, ocorre na mesma semana em que governadores anunciaram o endurecimento de medidas restritivas que querem manter milhões de brasileiros “presos” em casa.

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

7 comentários

  1. Ainda bem que detentos não são passíveis de contaminação pelo vírus e, por consequência, não conseguem transmitir. Coitados, são vítimas da sociedade, foram excluídos e merecem curtir as festas de fim de ano. Afinal, seus direitos devem ser respeitados. Já, os cidadãos trabalhadores, geradores de emprego e pagadores de impostos foram condenados à reclusão pelos governadores. Nada de comemorar Natal e Ano Novo. Liberdade ? Só depois de tomar a vachina.

    1. Entendo a sua revolta e até concordo com ela, mas não é o país que é desgraçado! Desgraçados são os nossos constituintes, que só fazem leis para beneficiar a bandidagem. Desgraçados são os nossos governantes. Desgraçados são aqueles que aplicam uma justiça injusta. Desgraçados somos nós, eleitores, que temos oportunidade de mudar isso aí e não mudamos.

  2. Se você furar a quarentena pode ser preso, enquanto isso eles soltam os bandidos para as festas de Natal, é uma piada de mal gosto.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro