-Publicidade-

Witzel ganha aumento de salário mesmo afastado do governo do RJ

Político foi beneficiado por uma decisão do governador em exercício, Cláudio Castro
O governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel
O governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel | Foto: Divulgação/Agência Brasil

Contrariando a decisão da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro, Wilson Witzel começou 2021 com aumento de salário. O político está afastado do governo do Estado e responde a processo de impeachment. Por esses motivos, em novembro, o tribunal misto formado por desembargadores e deputados estaduais que julga o afastamento determinou que Witzel deveria ter seus vencimentos reduzidos em um terço. Entretanto, não foi o que aconteceu. Em novembro, esse pagamento ficou igual ao mês anterior (R$ 19.681,00) e, em dezembro, a quantia até aumentou para quase R$ 22 mil. Caso a medida fosse cumprida, o valor bruto cairia para R$ 13.186,50.

Leia também: “Witzel é despejado do Palácio das Laranjeiras”

O político foi beneficiado por uma decisão do governador em exercício, Cláudio Castro (PSC), que aumentou o salário de todo o primeiro escalão do governo fluminense em 11% — incluindo o benefício para si mesmo, os secretários, os subsecretários e para o governador afastado. A defesa de Witzel, no entanto, informa que ele vai devolver os valores indevidos.

O empresário Salim Matar, ex-secretário de desestatização no governo federal, resumiu a insatisfação pelo Twitter: “Assim não dá!”.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

1 comentário

  1. O Rio de Janeiro acabou desde o Brizola. Isso aí é apenas o retrato da decadência do Estado do Rio e de resto, de todo o Brasil. Uma justiça e um legislativo corruptos sustentados pelo povo brasileiro. Até quando?

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês