-Publicidade-

680 mil servidores receberam o ‘coronavoucher’ indevidamente

CGU revela que os pagamentos geraram prejuízo de quase R$ 1 bilhão aos cofres públicos
Até empregados de estatais receberam o benefício | Foto: DIVULGAÇÃO/AGÊNCIA BRASIL
Até empregados de estatais receberam o benefício | Foto: DIVULGAÇÃO/AGÊNCIA BRASIL | Até empregados de estatais receberam o benefício | Foto: DIVULGAÇÃO/AGÊNCIA BRASIL

CGU revela que os pagamentos geraram prejuízo de quase R$ 1 bilhão aos cofres públicos

680 mil
Até empregados de estatais receberam o benefício | Foto: DIVULGAÇÃO/AGÊNCIA BRASIL

A Controladoria-Geral da União (CGU) detectou que 680,5 mil servidores públicos foram cadastrados como beneficiários do “coronavoucher” de R$ 600 até meados de julho. Os pagamentos indevidos geraram prejuízo de quase R$ 1 bilhão aos cofres públicos, segundo o órgão. Em maio, a CGU tinha identificado 396,3 mil servidores cadastrados. Portanto, um prejuízo menor foi causado, de R$ 279,6 milhões. Contudo, agora, em uma análise desde o primeiro pagamento, em abril, até 19 de julho, soube-se que o valor pago indevidamente mais que triplicou.

Leia também: “Mais de R$ 100 milhões do ‘coronavoucher’ já foram devolvidos”

Os números reúnem funcionários públicos da União, de governos estaduais e municipais. No total, segundo o documento da CGU obtido pela GloboNews, receberam o auxílio de forma irregular 613,4 mil agentes públicos, ativos, inativos ou pensionistas de governos estaduais, municipais e do governo do Distrito Federal; 14.182 agentes públicos federais, ou pensionistas; 52.001 servidores militares da União, ativos ou inativos; e 950 beneficiários que constam como funcionários de estatais federais. Dessa forma, o Ministério da Cidadania vai tomar as medidas cabíveis.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

2 comentários

  1. Isso só reforça a imagem oportunista do serviço público. Falta de vergonha na cara. A população está de olho nisto tudo, não perdem por esperar.
    Aliás , está parada só demostrou o quanto não precisamos de tantos funcionários públicos , dias mais variadas estâncias.
    Reforma administrativa neste povo Paulo Guedes.

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês