ANP descarta desabastecimento no mercado de combustíveis

Anúncio foi feito depois de a Petrobras ter comunicado que não conseguirá atender à demanda das distribuidoras em novembro
-Publicidade-
Segundo a ANP, não há risco de desabastecimento de combustíveis neste momento
Segundo a ANP, não há risco de desabastecimento de combustíveis neste momento | Foto: Reprodução/Redes Sociais

A Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) divulgou uma nota nesta terça-feira, 19, rechaçando a possibilidade de desabastecimento no mercado de combustíveis neste momento. O anúncio foi feito depois de a Petrobras ter comunicado ao mercado que não conseguirá atender totalmente à demanda das distribuidoras em novembro.

“A ANP segue realizando o monitoramento da cadeia de abastecimento e adotará, caso necessário, as providências cabíveis para mitigar desvios e reduzir riscos”, anunciou a entidade.

-Publicidade-

Segundo a Petrobras, houve uma “demanda atípica” de pedidos de fornecimento de combustíveis para o mês que vem, com um patamar muito acima do registrado nos meses anteriores e além de sua capacidade de produção.

Com informações da agência Reuters

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

2 comentários Ver comentários

  1. Não queriam o livree mercado, conversa de monopólio, porque as 232 distribuidoras de combustível não vão no mercado internacional adquirir o petróleo e ficam batenda na porta da petrobras, enchendo o saco??? Resposta, porque comprar lá fora fica mais caro!!!!!!

  2. A ANP deveria investigar o por que da demanda excessiva dos distribuidores por combustíveis da Petrobras, em momento tão tumultuado por políticos e imprensa sobre o preço dos combustíveis como causa da inflação. Por que não vão procurar melhores preços internacionais de grandes produtores? Será que a Petrobras é responsável pela importação de combustíveis para atender a demanda atípica dos distribuidores? E tem político e candidato a presidente dizendo que a Petrobras deveria vender os combustíveis baseado no custo interno com um pequeno lucrozinho. É difícil, mas já pensaram se essa figura ganha em 2022?
    É muito tenso ser acionista minoritário da Petrobras e ficar a mercê de políticos e empresários inescrupulosos. Algum deles fala do preço do nosso ETANOL, da nosso OLÉO DE SOJA, da nossa PROTEINA ANIMAL e outras commodities que alimentam o mundo todo? Logicamente que não porque são PRIVADAS. Afinal só o Petróleo é do POVO BRASILEIRO? E a SOJA, CANA DE AÇUCAR, MILHO, PECUÁRIA é dos chineses?

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.