O silêncio ensurdecedor da imprensa sobre as revelações de Paulo Guedes

Foi como se o ministro não tivesse exposto uma conspiração contra o povo, contra quase 60 milhões de eleitores
-Publicidade-
Para Guedes, extinção do PIS/Cofins melhora ambiente empresarial brasileiro/ Foto: Isac Nóbrega/PR
Para Guedes, extinção do PIS/Cofins melhora ambiente empresarial brasileiro/ Foto: Isac Nóbrega/PR | Paulo Guedes, pis/cofins, extinção de impostos, ibs, pec 45, reforma tributária, senado

Foi como se o ministro não tivesse exposto uma conspiração contra o povo, contra quase 60 milhões de eleitores que deram a vitória a Bolsonaro

Paulo Guedes, pis/cofins, extinção de impostos, ibs, pec 45, reforma tributária, senado
O ministro da Economia, Paulo Guedes/Foto: Isac Nóbrega/PR
-Publicidade-

O ministro Paulo Guedes concedeu uma entrevista recentemente em que revelou uma trama golpista contra o presidente Bolsonaro. Já era conhecida uma ligação que o governador de São Paulo, João Doria, teria feito ao ministro recomendando que ele saísse do governo para salvar sua biografia. Mas Guedes acrescentou informações novas e gravíssimas. “Houve, sim, um movimento para desestabilizar o governo. Não é mais ou menos, não. Tinha cronograma. Em 60 dias iriam fazer o impeachment. Tinha gente da Justiça, tinha o Rodrigo Maia, tinha governadores envolvidos.”

Após as revelações gravíssimas feitas por Guedes, houve um ensurdecedor silêncio dos órgãos de imprensa em geral. Não deram muita trela. Repercutiram um pouco e bola para a frente, vida que segue, próxima pauta. Foi como se o ministro não tivesse exposto uma conspiração contra o povo, contra quase 60 milhões de eleitores que deram a vitória a Bolsonaro. As perguntas vêm imediatamente à mente: vão todos fingir que o ministro não disse que tentaram um golpe contra Bolsonaro, incluindo o STF? Até o próprio presidente vai se calar? O sistema já o engoliu a esse ponto? São todos reféns dos conspiradores do establishment?

Leia o artigo completo de Rodrigo Constantino na próxima edição da Revista Oeste, que será publicada na sexta-feira 25 de dezembro.

Telegram
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

40 comments

  1. É incrível como o Brasil tem inimigos claros, declarados, e muito fortes! O Presidente Bolsonaro deve ser mais político, montar uma base sólida no Congresso e escolher proximamente um Ministro do STF que seja alinhado com os pensamentos da pauta conservadora.

    Urgente, urgente

    1. Por aí vejo que a frase: A MÍDIA NÃO É SUA AMIGA É VERDADEIRA!
      Velha Imprensa carcomida, FINANCIADA pelos DORIANAS, PCCHINES, NARCOTRÁFICO, GLOBALISTAS!!!

  2. tu também gosta de comentar confusões…. he he he
    Tenho acompanhado a CNN e vi que é igualzinho a Globo. Os entrevistadores manipulam os entrevistados forçando respostas para assuntos diferentes do que de mais importante foi revelado. Uma delas, a do William Waack com o governador do Rio Grande do Sul foi um caso típico. O jornalista ignorou o que de mais importante foi falado pelo Leite. Existem críticas corretas dirigidas ao governo, mas a maioria é conspiração mesmo, com mentiras e manutenção de uma narrativa totalmente injusta, para não dizer outra coisa. E eu não sou lulista nem bolsonarista. Imagine.

      1. Pois é, não adianta esperar a mídia, o congresso e a justiça… Se estas informações não chegarem até a população, seguiremos vivendo democracia de “mentirinha “.
        Fico aqui imaginando como seria diferente se a Revista do Oeste chegasse até a maioria da população.
        Hoje escutam o que o Jornal Nacional vomita , mas aparentemente muitos já não se deixam enganar totalmente.
        Está difícil…

  3. Caros Rodrigo Constantino, J R Guzzo, Augusto Nunes, Guilherme Fiuza, Ana P Henkel, Bruno Garschagen…., o que tenho para dizer, é algo que gostaria de um dia poder ler com o maior interesse , pois trata-se de um fato que têm me deixado profundamente ensimesmado, diante desta situação ditatorial e delitiva e deletiva (do ato de deletar), a qual se comporta nossa imprensa tradicional. Algumas perguntas surgem: Até quando e até onde irão?
    Diante disso, urge o momento em que voces, brilhantes jornalistas, elaborarem um estudo mais abrangente sobre quem ( além do establishment) está por traz disto? como estão hierarquicamente/economicamente/politicamente organizados? A quem responde estes jornalistazinhos de bancada? Qual a real responsabilidades dos editores, dos diretores de redação? Por exemplo o Grupo dos Marinhos? Seriam os irmãos que demandam as ordens/orientações?
    Creio que voces, inteligentes que são entenderam esta minha mensagem..Assim como eu, acredito que há milhares ou milhões de outros leitores que anseiam em ler num dia, algo mais profundo, sobre as entranhas desta imprensa.
    Abraços, e parabéns a todos

    1. Excelente indagação, José Antonio. Quem mantém de pé esses faróis do esquerdismo, que perdem público dia após dia e parecem falar apenas com seus próprios pares numa infinita distorção cognitiva?

      1. Rodrigo Constantino,te admiro muito.Parabens pelo artigo, show de bola, concordo plenamente,imprensa caladinha,como nada de extrema importância tivesse ocorrido.Vc tocou na ferida,a imprensa de São Paulo está sim corrompida pela esquerda, implorando sua volta para dar continuidade a corrupção e o dinheiro fácil que ganharam sim em suas contas.Quero aqui deixar minha admiração a Revista Oeste que possibilita literalmente ter acesso as excelentes reflexões.Aplausos.

      2. O que importa saber quem é o CAPETA, se temos um INFERNO abarrotado de imbecis incautos; heim?😕🤔😔
        Ora, qual terá sido o MALDITO que inventou essa DITADURA DE POLÍTICOS?
        Contratamos essas criaturas por voto( ou por prepostos, nomeação, concurso… não importa), REMUNERAMOS esses quadrilheiros…😡, E REAGIMOS COMO SUBALTERNOS de nossos funcionários públicos?😡😠
        QUE TAL COMEÇAR POR ENQUADRAR CADA FUNCIONÁRIO?
        QUAL A FUNÇÃO DAS LEIS?
        SUBJUGAR ELEITORES?
        QUE DIABOS SIGNIFICA “”AUTORIDADE””?
        QUEM “PAGA” AOS FUNCIONÁRIOS QUE ESCREVEM LEIS?
        QUAL É A UTILIDADE DE AGÊNCIAS DE EMPREGOS TRAVESTIDAS DE PARTIDO POLÍTICO? APENAS EXTORQUIR A NAÇÃO?
        COMO PROVAR QUE AGÊNCIAS DE EMPREGOS REPRESENTAM NOSSAS CRENÇAS?

        VAMOS PENSAR!!🙋‍♀️

    2. Se A.Dumas fosse escrever um dos seus famosos capolavoros e fosse leitor da Oeste , o titularia ¨ Os quatros mosqueteiros¨.
      Brinquei tempo atras postanto que ao Guzzo, ao Nunes e ao Fiuza tinha-se juntado o quarto Mosqueteiro : o Gascon Constantino!
      Hoje juntaria um quinto , o de saia : a A.P.Henkel !
      O Sr. sabe que nenhum d´eles utilizara´a Espada diretamente contra Richelieu! Teremos uma incrivel e longa sucessão de duelos nos quais os nossos espadachins darão o melhor de si para defender aquela parte da sociedade ( a maioria )que ainda cre na Verdade,na Lealdade,na Honra,na Dignidade e outras Virtudes que infelizmente parecem perdidas e não so nessa latitude. De resto , E.Bulwer-Lytton disse : ¨ The pen is mightier than the sword¨!!
      Com paciencia e dedicação e´possivel , atraves a internet , localizar ¨¨ Quem e´Quem !
      Bom passeio pela Web.

    3. Sr. José, isso tudo é por Dinheiro 💸💸💸💰💰💰, Napoleão já dizia que se vence uma GUERRA com pólvora e com muito dinheiro!
      Patronos: PCCHINES, GLOBALISTAS, NARCOTRÁFICO!
      Obs: Olavo de Carvalho já foi fundo nesta questão da erraticidade da mídia!

    4. José Antônio e Bruno, só recentemente tomei conhecimento que o Estadão, por exemplo, é controlado desde 2013 por um grupo de bancos e que a família Mesquita não apita mais nada no jornal. Por isso, podem se dar ao luxo de perderem um sem número de assinantes. A conseqüência disso é obviamente um viés absurdo – um jornalismo a serviço da meia dúzia de bancos que controla o sistema no país, e uma falta total de transparência.

    5. Excelente questionamento do José Antônio. Há algo maior, bem maior mesmo, que apenas uma ideologia cega, aparentemente insana e burra. Muitos temos essas curiosidades.

  4. É um jornalismo cúmplice com as falcatruas. Gente que ganhou dinheiro nos últimos ano fazendo não jornalismo, mas chantagem e falcatruas.
    Revista oeste é uma excessão no meio dessa bandalheira. Que continue assim.

  5. Rodrigo, espero que a população ajude o presidente, eles vão continuar tentando, e se deixarem eles vão derrubar o presidente, somente o povo pode parar todos eles.

  6. Até 2022 viveremos nesta angústia, qual o plano que esta em ação para derrubar o governo Bolsonaro , porém nos consola a eleição da presidência da camará e do senado , mas a maioria do povo esta com o governo federal e com certeza pronta para ir as ruas se nova tentativa de golpe.

  7. Está Claro que a grande imprensa quer.
    Esta claro o que os Parlamentares querem.
    A grande mídia apenas criticou os dois anos de Governo. Esqueceu de dizer do Maia bloqueando e o quanto atrapalhou o pais de seguir, esqueceu-se de de dizer o quanto STF atrapalhou , proibindo as privatizações, sem antes passar pelo congresso, proibindo de nomear ministro e também nada falou do golpe, que já sabia.
    Esqueceu se de falar, dos ministros, da Pandemia que superamos e de que parou a roubalheira, de que as empresas conseguiram sobreviver aos governadores, graças ao Gov. Federal. Que não tivemos mais desemprego, graças ao Guedes.
    Impressionante isto, estão na mesma quadrilha. Eles querem corruptos e ladrões no governo para poderem fazer parte da corja.
    Não iremos deixar. Iremos até o fim. O Bolsonaro também tem de agir, ir para a guerra, mas de verdade, ou estaremos nas mãos da mídia esquerdista e dos artistas panacas, e do STF corrupto. O Dr. Carvalhosa tem uma ideia boa de mudanças para STF. Vamos colocar em pratica. Quanto ao Doria e Maia, estes em dois anos ninguém mais lembra, serão colocados na latrina da história, com mal feitores.

  8. Sou bolsoanaro até debaixo da agua, mas tem uma coisa que não entendo, quando o cara tem a chance de fazer a a diferença no STF, coloca um garantista pior do que os que estão la, chega a ser brochante!

    1. Aparentemente foi uma “oferta de paz” ao STF, nomeando um garantista bem ao gosto dos juízes e da OAB. Mas como negociar com terroristas é sempre uma má ideia, de nada adiantou: o STF continua sabotando o governo e o país (pior, com o endosso de novo membro!) e o presidente ainda provocou um tremendo desgosto em sua base de apoio mais fiel. Mas é estragando que se aprende. Tomara.

    2. Votei no Bolsonaro por oposição àquilo que estava acontecendo no Brasil naquela ocasião. Mas tem muitas coisas que eu também não estou conseguindo entender com relação às atitudes de Bolsonaro. Ele desperdiça todas as chances de fazer a diferença. Parece ser propositadamente. Eu estou achando que ele não queria e nem esperava ser Presidente da República. Ele pode ter usado muitas pessoas para outro propósito paralelo à eleição presidencial, ou seja, ele queria era eleger os filhos. O que viesse depois disso seria lucro. Desconfio desta hipótese desde o segundo turno da eleição presidencial de 2018, quando ele não se dedicou à campanha com afinco, permitindo que Haddad se aproximasse dele perigosamente. Haddad perigou vencer no segundo turno de 2018 mais devido à falta de vontade de vencer de Bolsonaro do que outra coisa. Ele (Jair) pode ter iludido muita gente que o apoiou e continua o apoiando. Ele fica frequentemente com a bola diante do gol sozinho, e sempre continua chutando pra fora do gol, de forma inexplicável.

      1. Não se deve acreditar em pessoas que “conscientemente?”, afirmam se decepcionar com o grupo político que elegemos em 2.018. Hoje 90 milhões de brasileiros, verdadeiramente patriotas, e que fizeram a contra revolução nas ruas de todo o PAÍS em 2.013, após 25 anos da revolução comunista de 88, precisam voltar às RUAS e praças de todo o PAÍS, para instituir a PRISÃO em SEGUNDA instância e fim do foro privilegiado, ou mesmo o fechamento do congresso q nos trai descaradamente. As nossas pautas ANTICORRUPÇÃO são o símbolo da PERSISTÊNCIA.

    3. E o establishment aprovaria um nome menos esquerdista? Acredito que não. Bolsonaro, infelizmente, politicamente, só consegue agir num espaço reduzido de “possíveis”. Não tem, me parece, nem o apoio dos “verdes”.

  9. Ocorre que o meu ex partido, o decadente PSDB, não aceitou a derrota já no primeiro turno para Bolsonaro que levou muito voto tucano para acabar com a brincadeira logo. No segundo turno entendo que boa parte dessa tucanagem votou no HADDAD e perderam. Ficaram tão zangados que ressuscitaram FHC, que, com aquela arrogância e entendendo ainda ser admirado, mistura-se em manifestos, lives, e outras pantominas com estranhas figuras politicas como Jean Willys, Boulos, Ciro e outros inúteis para pedir a renúncia de Bolsonaro para o bem do Brasil., esquecendo tudo que escreveu em seus “diários da presidência” e as ofensas que fez ao PT /MST e assemelhados.
    A Folha de São Paulo, já conhecíamos, mas o tal do Estadão, com sua atual diretoria de opinião e conselho editorial, que não são MESQUITAS, desde o inicio do governo Bolsonaro, diariamente descarrega ódio, fakes, desqualificando até seus leitores que tenham alguma simpatia com este governo. Infestam com artigos de decadentes economistas, cientistas políticos, sociólogos, diretores da fundação FHC, e ex ministros tucanos destruindo a imagem deste governo, assim como sua incendiária equipe de jornalistas. Creio que o Estadão atualmente lidera a imprensa do ódio ao governo Bolsonaro. Um jornal que dá méritos a Rodrigo Maia pela aprovação da reforma da previdência e que louva o INQUERITO DO FIM DO MUNDO do STF, realmente ficou imprestável, restando apenas dois grandes jornalistas imparciais como J.R.Guzzo e Carlos A.Di Franco e eventuais artigos do professor jurista Ives Gandra Martins.
    Entendo portanto que aqueles partidos que pensávamos centro direita, uniram-se a todos os partidos de oposição, alguns membros do judiciário e a uma imprensa nociva e ultrapassada, com a intenção de derrubar o governo Bolsonaro.
    Penso que com o apoio popular de reconhecimento de méritos ao governo Bolsonaro, dificilmente poderá ocorrer um impeachment até 2022, porem tudo farão para inviabilizar suas ações prejudicar sua imagem junto a população.
    Dai, concluo que em 2022 teremos acirrada disputa, e não sinto segurança nas urnas eletrônicas sem quaisquer possibilidades de auditoria ou recontagem dos votos.
    Não entendo a passividade da imprensa e do Congresso com a recente decisão do STF de inconstitucionalidade do voto impresso, por “violação do sigilo e liberdade do voto”. O bilhete impresso é blindado e não levado para casa pelo eleitor conforme devem ter entendido os notáveis. Serve portanto até para o eleitor “auditar” que na urna eletrônica terá o mesmo resultado da urna lacrada do voto impresso. Necessariamente haverá auditoria independente por amostragem sobre urnas sorteadas, e possível recontagem de votos totais se solicitados por qualquer dos concorrentes.
    Afinal, o voto impresso de autoria do presidente Bolsonaro, que foi aprovado pelo Congresso, é a única forma de auditar as urnas eletrônicas, e não aquela que o Barroso tenta nos convencer. Não se pretende descontinuar a urna eletrônica, apenas permitir auditá-las e calar de vez quem desconfia da eventual manipulação delas, como eu.

    1. Infelizmente, se não tivermos, em 2022, o voto impresso e, portanto, uma eleição auditável, o risco de derrota de Bolsonaro é grande, especialmente pelo apoio nojento da velha mídia e das pesquisas eleitorais compradas e fajutas!

  10. Só é bom que esses vagabundos saibam que não atentarão contra uma bandida igual a Dilma ou Collor. Os militares, apesar do caos de mensalão, petrolão e mais um monte de trambiques do desgoverno da esquerda ladra, não moveram uma palha para removê-los e não consentiram agora uma trama sórdida dessa. Os bandidos da esquerda taxam o Bolsonaro de tudo que eles são. Cambada! Vão cair todos!

    1. Não podemos esperar algo diferente de parte da mídia brasileira. Mas fico feliz em abrir o portal de notícias da Revista Oeste e ver que parte do Jornalismo de Verdade ainda Vive !!!

  11. Um besteirol completo esses comentários, dignos de fechar este árduo 2020, q começou combo carnaval impróprio e termina com eleições municipais assassinas, contaminantes.
    Saibam todos que a DEMOCRACIA é do POVO e para o POVO. Descoberta a trama sórdida combinada na revolução comunista de 88, em 2.013 fomos às RUAS e tiramos o EXECUTIVO do CONLUIO entre os 3 poderes.
    Só a PRISÃO em SEGUNDA instância e fim do foro privilegiado eliminarão em definitivo a simbiose genocida dos abutres que roubam o erário. O STF denigre a justiça corporativista. O CONGRESSO é casa de proteção de bandidos.
    Os fatos aí estão. Só existe justiça de solta traficantes e doleiros, em tempos recordes.
    À nossa prestação de contas com o LEGISLATIVO brasileiro é iminente, é com quem votamos, é com quem nós trai acintosamente.
    QUEM NÃO TEM COMPETÊNCIA NÃO SE ESTABELECE.
    Que venha 21, e independente das presidências das casas de mãe Joana, haveremos de retomar os nossos maiores propósitos, de retomar a nossa Pátria das mãos de facínoras, travestidos de sociais democratas como FHC de COLARINHO BRANCO.

  12. Olha, nessa mesma entrevista o Ministro Paulo Guedes disse que ““Conseguimos desmontar o conflito ouvindo cada um deles. O ministro Gilmar Mendes, por exemplo, sugeriu que o governo deveria dar um sinal, caso estivesse realmente interessado em pacificar as relações”. Se isso realmente aconteceu – e acredito que sim- o Ministro perdeu uma grande oportunidade de acionar a PGR e a AGU e gravar essa ligações que ele disse ter feito, o quê comprovaria como prova cabal as alegações de ele faz. Também poderia ter feito a denúncia no momento do ocorrido e não apenas depois em uma entrevista, ou seja: se a VEJA não fizesse a entrevista com ele a denuncia teria sido feita? Não duvido e acredito que realmente aconteceu, mas aí se perdeu uma grande oportunidade de demonstrar a politização do STF e a judicialização do Congresso.

    1. Mas aí ele “tocaria fogo no país”…. complicado: ou você se cala ou risca fósforo em armazém de pólvora… a imprensa sempre culpa o “língua solta” pelo crise consequente… o povo “compra” a versão da imprensa e imediatamente começa a pedir a cabeça do “polêmico” (até porque, do contrário, teria-se que confrontar a mídia e o “sistema” na rua – e a gente não tem coragem nem estômago para isso, pois além do “conflito” em si, as coisas piorariam muito antes de melhorar).
      Enfim, não há muitas saídas (ou nenhuma)… nossa maior “esperança” é um colapso financeiro “derrubar” o “sistema” e/ou fazer o povo derrubá-lo!
      (E ainda teríamos que contar com a sorte de, nesse momento, surgirem uns “founding fathers” que consigam emplacar um sistema minimamente funcional).
      Muito contribuiriam esses “médicos de tortura” – como Guedes – se não se prestassem a desempenhar papel tão vil: “ajudar” o “paciente” a sobreviver nas sessões de tortura para o torturador possa continuar indefinidamente seu “trabalho”!!!

  13. O Estadão é o irmão gêmeo da FSP com uma roupa de marca por cima da carcaça, assim com o PSDB é irmão gêmeo do PT. Uma corja de decadentes com alma vendida a preço de bacia.

  14. Esqueceram de dizer que a dita grande mídia era parte do esquema golpista. Vide que seus arautos imploravam o impeachment!, cambada de salafrários!

  15. A qualidade do Estadão decaiu tanto que atualmente esse jornal apenas tem utilidade para proprietários de animais domésticos!!! Triste fim !!!

Envie um comentário

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site