Associação de caminhoneiros vai à Justiça contra política de preços da Petrobras

Não há consenso entre os caminhoneiros sobre a possibilidade de uma paralisação da categoria
-Publicidade-
Petrobras ainda não se manifestou sobre a investigação | Foto: André Motta de Souza/Agência Petrobras
Petrobras ainda não se manifestou sobre a investigação | Foto: André Motta de Souza/Agência Petrobras | Foto: André Motta de Souza/Agência Petrobras

A Associação Brasileira dos Condutores de Veículos Automotores (Abrava) entrou com um processo para derrubar a política de preços da Petrobras. Protocolada na segunda-feira 14, no Tribunal Regional Federal da 1ª Região, a ação critica os preços dos combustíveis atrelados ao mercado internacional.

Wallace Landin, um dos líderes da greve de caminhoneiros em 2018, é um dos signatários do processo. Landin sustenta que a nova política de preços da Petrobras, adotada desde 2016, faz com que a estatal tenha lucro de 1.400%, “em detrimento do sofrimento dos brasileiros”, que seriam reféns de outros países.

Apesar do descontentamento com a alta dos combustíveis, ainda não há consenso entre os caminhoneiros sobre a possibilidade de uma nova greve. Irani Gomes, presidente do Sindicato das Empresas Transportadoras de Combustíveis e Derivados de Petróleo de Minas Gerais, também se manifestou.

-Publicidade-

Em vídeo divulgado nas redes sociais, Gomes afirmou que a possibilidade de paralisação da categoria neste momento está suspensa. Isso porque há um acordo com as distribuidoras para repassar ao frete o mais recente aumento feito pela Petrobras de 25% no diesel. O governo não se pronunciou.

Leia também: “Para que serve a Petrobras?”, artigo de J.R. Guzzo publicado na Edição 49 da Revista Oeste

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.