Atividade empresarial da Europa desacelera em setembro

A prévia divulgada aponta que as contenções para limitar a variante Delta do coronavírus afetaram a demanda
-Publicidade-
A atividade empresarial indica crescimento econômico mais lento | Foto: Photo Mix/Pixabay
A atividade empresarial indica crescimento econômico mais lento | Foto: Photo Mix/Pixabay

As prévias da atividade empresarial da zona do euro vieram abaixo do esperado, crescendo em ritmo mais fraco em setembro. A pesquisa do Índice de Gerentes de Compras (PMI, na sigla em inglês) mede a temperatura dos setores industrial e de serviços da economia europeia.

Segundo a pesquisa da IHS Markit, as contenções para limitar a variante Delta do coronavírus afetaram a demanda e as restrições na cadeia de oferta, elevando os custos de insumos a uma máxima em mais de duas décadas.

O PMI preliminar caiu para a mínima em cinco meses de 59,0 em agosto, para 56,1 em setembro.

-Publicidade-

“O PMI preliminar de setembro destaca uma combinação indesejada de crescimento econômico mais lento e forte alta dos preços”, disse Chris Williamson, economista-chefe da IHS Markit.

Embora tenha permanecido acima do nível de 50 pontos, que sugere expansão da atividade, o índice ficou abaixo da estimativa em pesquisa da Reuters — de 58,5.

Leia também: “Copom eleva taxa básica de juros no país para 6,25% ao ano”

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.