Copom inicia sexta reunião do ano sobre taxa básica de juros

Instituições financeiras preveem que a Selic suba de 5,25% ao ano para 6,25%
-Publicidade-
O Copom é um órgão do Banco Central
O Copom é um órgão do Banco Central | Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil

O Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central (BC) se reúne nesta terça-feira, 21, para a sexta reunião de 2021, que vai definir a taxa básica de juros, a Selic. O grupo se reúne em Brasília e deve repetir os aumentos promovidos nos últimos quatro encontros. Na quarta-feira 22, a decisão oficial será anunciada.

Leia também: “Autonomia do BC: 5 perguntas para o deputado e economista Daniel José”

Devido à alta da inflação nos últimos meses, as instituições financeiras preveem que a Selic suba de 5,25% ao ano para 6,25% ao ano nesse encontro. Na ata da mais recente reunião, os membros do Copom já haviam sinalizado para o reajuste de 1 ponto porcentual. A expectativa de aumento também está registrada no Boletim Focus, pesquisa divulgada toda semana pelo BC. Segundo a estimativa do mercado, a taxa chegará em 8,25% ao ano no fim de 2021.

-Publicidade-

O movimento de elevação da Selic teve início em março deste ano, quando o Copom alterou os juros de 2% ao ano — sua mínima histórica — para 2,75% ano.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.