Correios ameaçam parar

Funcionários querem manter privilégios, como vale-peru e um adicional de 70% de férias
-Publicidade-
Funcionários dos Correios ameaçam parar | Foto: TÂNIA REGO/AGÊNCIA BRASIL
Funcionários dos Correios ameaçam parar | Foto: TÂNIA REGO/AGÊNCIA BRASIL | Funcionários dos Correios ameaçam parar | Foto: TÂNIA REGO/AGÊNCIA BRASIL

Funcionários querem manter privilégios, como vale-peru e um adicional de 70% de férias

correios
Funcionários dos Correios ameaçam parar | Foto: TÂNIA REGO/AGÊNCIA BRASIL

Na tentativa de reequilibrar os gastos dos Correios, a cúpula da empresa decidiu cortar algumas mordomias dos funcionários. Entre as benesses estão um adicional de 70% de férias, vale-cultura, vale-peru (um tíquete alimentação no valor de mil reais concedido em dezembro), 180 dias de licença-maternidade, vale-creche e distribuição de acessórios. Caso os privilégios sejam extintos, a estatal vai economizar R$ 600 milhões.

-Publicidade-

Quer saber mais sobre estatais? Leia “O custo da ineficiência”, reportagem publicada na edição n° 2 de Oeste

Na quinta-feira passada, 31 sindicatos pertencentes à Fentect (principal federação da categoria) rejeitaram unanimemente a proposta dos Correios e aprovaram um “indicativo” de greve para agosto. Uma assembleia ocorrerá na terça-feira 4. Dessa forma, tudo indica que se inicia a paralisação dos funcionários. Contudo, prometeram desistir, caso o presidente da empresa, general Floriano Peixoto desista da ideia, informa o jornal Valor Econômico.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

15 comentários Ver comentários

  1. Não trabalho nessa estatal, mas acho que os trabalhadores devem ser tratados de modo digno. Mamata é oque muitos políticos ganham, sem fazer nada, às custas do povo. Vergonha é ver um país tão rico e ao mesmo tempo tão pobre, devido sua cultura corrupta colonial.

  2. Por causa dessa sua conclusão Jussara, que todo brasileiro trabalha mais do que ganha se pra VC isso é um absurdo se tirarem esses previlegios que nem diz a mídia VC pode fica com a minha vaga isso é se VC tive capacidade porque pra mim VC é só mais uma que vai no embalo das outras pessoas.

  3. Quer dizer que quem trabalha é tem seus direitos trabalhistas surrupiados agora é pilantra , o acordo trabalhistas de 2019 dos correios junto ao TST tinha validade de 2 anos a empresa é que foi desonesta com os seus colaboradores, receber vale alimentação, férias, salários e direito do trabalhador .
    mais o mercado já é aberto para empresas privadas, as transportadoras , já atuam no segmento, jadlog , FedEx, etc
    Se informe melhor antes de ficar postando sobre oque não sabe!

  4. Os trabalhadores dos Correios são os que recebem os piores salários entre as estatais. Neste período de Covid o trabalho com encomendas on line aumentou 25% e eles têm que dar conta mesmo com número reduzido do efetivo. O último concurso foi em 2011 e quem entrou naquela época, recebe um pouco mais que um salário mínimo. Não tem como manter a qualidade com tanta defasagem.

  5. Privatiza e abre o mercado para outras empresas privadas. Quero ver estes pilantras exigirem alguma coisa fora o salário em dia para quem trabalha.

    1. Quer dizer que quem trabalha é tem seus direitos trabalhistas surrupiados agora é pilantra , o acordo trabalhistas de 2019 dos correios junto ao TST tinha validade de 2 anos a empresa é que foi desonesta com os seus colaboradores, receber vale alimentação, férias, salários e direito do trabalhador .
      mais o mercado já é aberto para empresas privadas, as transportadoras , já atuam no segmento, jadlog , FedEx, etc
      Se informe melhor antes de ficar postando sobre oque não sabe!

  6. Greve? Mas eles estão trabalhando?
    Esses sindicatos não tem mais sentido e ficam procurando algo para fazer. Se puder “ferrar” à população, melhor.
    PRIVATIZA LOGO!!!

  7. Com greve ou não, as cartas continuarão chegando só após algumas semanas… Privatiza logo essa desgraça (que um dia foi boa, décadas atrás). E manda os grevistas embora, devem haver milhões querendo a vaga deles

    1. Deixem de serem mentirosos , essa matéria é tendenciosa, só expos um lado , falta de respeito com os trabalhadores que estão trabalhando expostos ao covid e querem somente mater seus direitos trabalhistas acordados pela empresa e sindicato junto ao TST !

    2. Se privatizar talvez você consiga trabalhar nos Correios. Como empresa pública exige concurso, dificilmente alguém que escreve ” devem haver” conseguiria passar com tantos milhões concorrendo.

    1. Jussara, 600 milhões divididos por 100 mil funcionário dá em média 6 mil por ano a cada um. 6 mil divididos por 12 meses dá 500 reais por mês. Se isso é privilégio para quem recebe em torno de 1500 reais por mês e trabalha numa empresa que funciona 24 horas por dia, inclusive domingos e feriados, então vamos acabar com essa mordomia.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.