Covid-19: Marfrig está vendendo mais carne do Brasil para os EUA

O mercado norte-americano estava fechado desde 2017 e foi reaberto em fevereiro deste ano.
-Publicidade-
Foto: Reprodução/Marfrig
Foto: Reprodução/Marfrig

O mercado norte-americano estava fechado desde 2017 e foi reaberto em fevereiro deste ano

Foto: Reprodução/Marfrig
-Publicidade-

A brasileira Marfrig, uma das maiores empresas de proteína animal do mundo, voltou a exportar carne bovina in natura do Brasil para os Estados Unidos.

O mercado foi reaberto ao produto brasileiro após a intensificação na demanda dos norte-americanos em meio aos fechamentos de frigoríficos no país por causa do coronavírus.

A informação foi confirmada pelo diretor-presidente da companhia, Miguel Gularte, à Reuters.

O mercado dos Estados Unidos foi reaberto para aquisição da proteína in natura dos brasileiros em fevereiro deste ano, após uma interrupção nas exportações ocorrida em 2017 por questões sanitárias.

Segundo Gularte, os primeiros embarques devem ocorrer neste mês de abril. O executivo disse que um aumento das compras dos EUA foi identificado primeiramente nas unidades da Marfrig na Argentina e Uruguai.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site