Depois de dois meses de alta, vendas do comércio caem em junho

Em relação ao mesmo período do ano passado, houve uma alta de 6,3%, segundo o IBGE
-Publicidade-
Vendas do comércio registraram queda em junho, na comparação com maio deste ano
Vendas do comércio registraram queda em junho, na comparação com maio deste ano | Foto: Renato S. Cerqueira/Futura Press/Estadão Conteúdo

Dados divulgados nesta quarta-feira, 11, pelo  Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) apontam uma queda de 1,7% nas vendas do comércio em junho, na comparação com o mês anterior. Trata-se do maior recuo mensal em 2021 e a segunda maior retração para junho desde o início da série histórica da Pesquisa Mensal de Comércio (PMC), em 2000.

Em relação ao mesmo período do ano passado, houve uma alta de 6,3% no volume de vendas do comércio. No acumulado de 2021, o setor registra crescimento de 6,7% e, nos últimos 12 meses, o avanço é de 5,9%.

Leia também: “Dona da Havaianas, Alpargatas tem lucro de R$ 107,5 milhões no 2º trimestre”

-Publicidade-

O comércio havia registrado taxas positivas nas vendas nos dois meses anteriores. Em abril, o avanço foi de 2,5%; em maio, de 2,7%. Ainda de acordo com o IBGE, o varejo está neste momento 2,6% acima do patamar pré-pandemia.

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro