Desemprego nos EUA pode chegar a 20% em abril

Na última semana, país teve 3,2 milhões de novos pedidos de seguro-desemprego.
-Publicidade-
Foto: Wikimedia Commons
Foto: Wikimedia Commons

Na última semana, país teve 3,2 milhões de novos pedidos de seguro-desemprego

Foto: Wikimedia Commons

O desemprego continua aumentando nos Estados Unidos e existe a projeção de que a taxa atinja 20%, o dobro do registrado na crise de 2008.

-Publicidade-

Nesta quinta-feira, 7, o Departamento do Trabalho norte-americano divulgou que na semana passada 3,2 milhões de pessoas solicitaram o seguro-desemprego.

Desde março, quando a pandemia do coronavírus começou a afetar a economia dos EUA, o número de pedidos chegou a 33,5 milhões.

Como registra a agência France-Presse, mais de 94% da população do país foi convocada ao confinamento para impedir a propagação do vírus.

O pico de solicitações de seguro-desemprego nos Estados Unidos foi atingido no final de março, com 6,8 milhões de novos desempregados em uma semana.

Alguns economistas esperam 28 milhões de empregos perdidos em abril. Em comparação, 8,6 milhões de empregos foram perdidos durante os dois anos da crise financeira global iniciada em 2008.

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site