Dólar opera em queda, a R$ 4,66

No Brasil, o Banco Central (Bacen) comunicou um leilão para esta terça-feira de até U$ 2 bilhões em moeda à vista para aliviar a pressão do câmbio A moeda americana…
-Publicidade-

No Brasil, o Banco Central (Bacen) comunicou um leilão para esta terça-feira de até U$ 2 bilhões em moeda à vista para aliviar a pressão do câmbio

A moeda americana abriu os negócios nesta terça-feira, 10, em desaceleração. Depois de um dia conturbado, o dólar comercial recuou 1% às 09h5, cotada a 4,67 reais. Na segunda-feira, a moeda fechou o dia vendida a 4,72 reais.

A recuperação de bolsas internacionais com a alta nos preços do petróleo, com o barril Brent subindo 11% na manhã desta terça, e a sinalização de estímulos de autoridades para combater o impacto econômico do coronavírus deram sensação de tranquilidade aos investidores.

-Publicidade-

No Brasil, o Banco Central (Bacen) comunicou um leilão para esta terça-feira de até U$ 2 bilhões em moeda à vista para aliviar a pressão do câmbio.

Também na segunda, o Bacen colocou U$ 3,4 bilhões de dólares nessa modalidade, num dia em que a divisa norte-americana fechou com alta de 1,97%, a R$ 4,72 na venda, e tocou recorde histórico de R$ 4,79 na máxima intradia.

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.