-Publicidade-

Empresa investe R$ 3,8 bi para universalizar o esgoto no MS

Valor será injetado ao longo dos próximos 30 anos
Os moradores da Chácara Quiriri, em Carapicuíba, na Grande São Paulo, não têm esgoto e água tratada | Foto: CRISTYAN COSTA/REVISTA OESTE
Os moradores da Chácara Quiriri, em Carapicuíba, na Grande São Paulo, não têm esgoto e água tratada | Foto: CRISTYAN COSTA/REVISTA OESTE | Os moradores da Chácara Quiriri, em Carapicuíba, na Grande São Paulo, não têm esgoto e água tratada | Foto: CRISTYAN COSTA/REVISTA OESTE

Valor será injetado ao longo dos próximos 30 anos

empresa investe
Cem milhões de brasileiros não têm coleta de esgoto e outros 35 milhões não possuem acesso à água tratada
Foto: CRISTYAN COSTA/REVISTA OESTE

O Grupo Aegea vai desembolsar ao longo dos próximos 30 anos o montante de R$ 3,8 bilhões para universalizar os serviços públicos de esgoto em 68 municípios do Estado do Mato Grosso do Sul. Do total, R$ 1 bilhão será injetado em obras e R$ 2,8 bilhões em manutenção e operação do sistema de esgoto desses locais. O leilão ocorreu na manhã da sexta-feira 23, na sede da Bolsa de Valores do Brasil, em São Paulo.

Leia também: “O drama de quem vive sem saneamento básico”

A Aegea saiu-se vitoriosa com a proposta de R$ 1,36/ m³, o que representou um desconto de 38,46% frente ao valor previsto no edital, que era de R$ 2,21/ m³. A medida beneficiará 1,7 milhão de pessoas. E só foi possível graças ao marco do saneamento, sancionado pelo presidente Jair Bolsonaro, em 15 de julho. Hoje, 100 milhões de brasileiros não têm coleta de esgoto; outros 35 milhões não possuem acesso à água tratada.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês