-Publicidade-

Faturamento da indústria sobe 1,6% em dezembro, informa CNI

Para a entidade, o resultado aponta a continuidade da recuperação econômica do Brasil
O faturamento da indústria brasileira cresceu 1,6% em dezembro do ano passado
O faturamento da indústria brasileira cresceu 1,6% em dezembro do ano passado | Foto: Leandro Ferreira/FotoArena/Estadão Conteúdo

A Confederação Nacional da Indústria (CNI) informou que o faturamento industrial brasileiro subiu 1,6% em dezembro de 2020 na comparação com novembro. Mesmo com a pandemia do novo coronavírus, as vendas reais encerraram o ano com alta de 0,8% em relação a 2019. A pesquisa, divulgada nesta quinta-feira, 4, identificou ainda que o emprego aumentou 0,2% em dezembro em relação ao mês anterior, o quinto mês consecutivo com alta nas contratações no setor industrial.

De acordo com os dados, a utilização da capacidade instalada da indústria alcançou 80,6% em dezembro, acima da média no ano de 2020, de 76,4%. Esse indicador trata do percentual de máquinas comprometidas na produção, o que, segundo a CNI, em dezembro, aponta para atividade bastante aquecida.

Para a entidade, o resultado aponta a continuidade da recuperação da indústria, que teve início logo após as fortes quedas de maio e abril e durou todo o segundo semestre do ano passado. De acordo com a CNI, entretanto, os dados não apontam para um setor sem problemas no pós-crise, mas mostram que a indústria conseguiu reagir à pandemia, ainda que a recuperação econômica não esteja consolidada.

Leia também: “Pela primeira vez em 10 anos, emprego na indústria cresce em dezembro”

Com informações da Agência Brasil

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês