Filipinas retiram embargo de frango brasileiro

País asiático havia restringido importações em 14 de agosto, após China supostamente encontrar traços de coronavírus em embalagens de produtos do Brasil.
-Publicidade-
Filipinas retiram embargo ao frango brasileiro | Foto: stux/Pixabay
Filipinas retiram embargo ao frango brasileiro | Foto: stux/Pixabay | filipinas, embargo, frango, governo fedeal, ministério da agricultura, importação, exportação

País asiático havia restringido importações em 14 de agosto, após China supostamente encontrar traços de coronavírus em embalagens de produtos do Brasil

filipinas, embargo, frango, governo fedeal, ministério da agricultura, importação, exportação
Filipinas retiram embargo ao frango brasileiro | Foto: stux/Pixabay

As Filipinas retiraram o embargo imposto à importação de carne de frango brasileira em 14 de agosto.

-Publicidade-

A decisão veio após o governo brasileiro demonstrar que tomou medidas sanitárias de prevenção contra o novo coronavírus.

O país asiático, no entanto, vai exigir que as embalagens passem a ter selo de garantia de que o produto foi manipulado seguindo protocolos sanitários e de higiene.

O embargo foi imposto depois de a China supostamente encontrar traços do vírus em embalagens de frango importado do Brasil.

O Ministério da Agricultura brasileiro chegou a acionar a Organização Mundial do Comércio (OMC) por acreditar que o embargo filipino se deu para aumentar o protecionismo com relação aos produtores de aves locais.

Atualmente, 20% dos frangos consumidos no país provêm do Brasil.

 

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

2 comentários

  1. E fica por isso mesmo? A passividade do ministério da agricultura não me agrada. Nós temos condição de colocar o mundo de joelhos, eles dependem da nossa comida, então que ”quebrem” as duas ”pernas” das Filipinas e da China.

    1. Mas é claro Daniel. Se voltarmos aos velhos tempos, quem tinha sal trocava por café, num intercâmbio saudável.
      O que esses merdas têm a oferecer? Viram nossa indústria de brinquedos como derrubou os produtos chineses durante a pandemia?
      Das Filipinas só temos que ir lá comer bolo e tortas de vez em quando, em nome do seu povo bacana!

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro