-Publicidade-

Ford anuncia fim da produção de carros no Brasil

Decisão culminará em fechamentos de fábricas e demissões
Ford fechará suas três unidades no Brasil
Ford fechará suas três unidades no Brasil | Foto: Arquivo/Divulgação/Ford

A montadora Ford vai encerrar a produção de veículos no Brasil. Em comunicado divulgado à imprensa na tarde desta segunda-feira, 11, a empresa anunciou a decisão. Dessa forma, as fábricas baseadas nos municípios de Camaçari (BA), Horizonte (CE) e Taubaté (SP) serão fechadas no decorrer dos próximos meses.

Leia mais: “General Motors anuncia produção de carros elétricos”

Na nota oficial, a montadora relaciona o desinvestimento no país “à medida em que a pandemia de covid-19 amplia a persistente capacidade ociosa da indústria e a redução das vendas, resultando em anos de perdas significativas”. Segundo a própria empresa, a produção em Camaçari e Taubaté será encerrada imediatamente.

Com a decisão de fechar suas fábricas no Brasil, a Ford prevê “um impacto de aproximadamente US$ 4,1 bilhões em despesas”. Desse valor, parte será para saldar “compensações, rescisões, acordos e outros pagamentos”. Nessa lista entram os trabalhadores que serão demitidos. Cientes da demissão em massa que ocorrerá no Brasil, a empresa promete travar “intensas” negociações com sindicatos.

“Medidas que ajudem a enfrentar o difícil impacto desse anúncio”

“Trabalharemos intensamente com os sindicatos, nossos funcionários e outros parceiros para desenvolver medidas que ajudem a enfrentar o difícil impacto desse anúncio”, afirma o presidente da Ford América do Sul e Grupo de Mercados Internacionais, Lyle Watters. “Estamos comprometidos com a região para o longo prazo e continuaremos a oferecer aos nossos clientes ampla assistência e cobertura de vendas, serviços e garantia”, prosseguiu o executivo.

Argentina e Uruguai

No comunicado, a Ford adianta que seguirá com sua produção de veículos em outras duas nações da América do Sul: Argentina e Uruguai. Sem fábricas em solo nacional, a montadora garante que permanecerá com escritório no Brasil, mantendo o país com status de “sede administrativa” na região.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

23 comentários

    1. Tchau Ford. Que se Ford-a. Isso é um indicativo de que devemos incentivar a indústria nacional e o empreendedorismo. Veja a Embraer. Não precisamos deles para que tenhamos industrias 100% nacionais. É mais, a fundação Ford faz parte dos globalistas e a sair Da da fabrica é um pretexto para ferrar com a nossa economia. Vamos tirar lições disso é buscar nossa independência.

      1. Não sei os outros consumidotes, mas eu e minha esposa, nunca mais compraremos nenhum carro da Ford, ainda vpu fazer campanha. #FordNão

  1. Pelo menos fez alguma história, instalou-se por aqui uma linha de montagem em 1919, ou seja há 101 anos. Início do fim dos carros a combustão? Só falta a Tesla se instalar por aqui com a montagem de seus carros elétricos. N.O.M.?

    1. Sinal dos tempos, de vez em quando a historia tem um ponto de inflexao, modelos ultrapassados, carrinho com nome mexicano, problemas no cambio e as vezes lança modelos ultra top fora do alcance do Afegao medio ex EDGE e Fusion, Toyota, Honda vao ocupar o espaço (se ja nao ocuparam) de qualquer maneira uma noticia ruim.

  2. Pelo menos fez alguma história, instalou-se por aqui uma linha de montagem em 1919, ou seja há 101 anos. Início do fim dos carros com motores a combustão? Só falta a Tesla se instalar por aqui com a montagem de seus carros elétricos. N.O.M.?

  3. Ninguem compra mais ford no brasil, foi engolida pelas outras montadoras.
    O que vendia ate entao era ecosport para a mulherada, mas dai chegou e renegade e a mulheda partiu para novo relacionamento rsrs.

  4. Não são todas as indústrias que aguentam uma carga tributária e uma burocracia tão elevadas. 100 anos de Brasil. Está aí o resultado. Se persistirem nos erros, outras fábricas seguirão o mesmo caminho. Salários e privilégios elevados no setor público e impostos elevados no setor privado assassinaram a galinha dos ovos de ouro.

  5. O Instituto Smithsonian possui um longo arquivo denunciando a Ford e grandes montadoras sobre o seu financiamento às revoluções marxistas europeias, aos impérios que lutaram na 1ª e 2ª grande guerra, à espionagem e repasse de tecnologia nuclear aos russos e chineses, a revolução cultural de Mao Tse Tung ocorreu com insumos dessa corporação, ou melhor dizendo, o genocídio chinês foi financiado por esses adoradores do bode com tronco humano, segundo relato dos soldados americanos na guerra do Vietnan confirmam o uso de veículos americanos usados pelos soldados soviéticos, não foram produzidos na América, a tecnologia lhes foi repassada assim como as máquinas que os produziram, tanto caminhões de transporte de tropas quantos jeeps de uso tático com tecnologia patenteada pela Ford. Servem-se de dois senhores… Ford, desde 1903 promovendo a Nova Ordem Mundial.

  6. Enquanto o Governo federal faz acordo com Japão que trará mais emprego e desenvolvimento, os Governos estaduais BA, CE, SP ( será que estão alinhados com o presidente?) PERDEM a Ford.

  7. A Ford está fechando fabricas na Índia, na Bélgica, no Reino Unido, … ,e no Brasil. Um fabricante que perdeu o bonde do carro autônomo, carro elétrico, etc.

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês