Governo vai vender imóveis da União pela internet

Pessoas físicas também podem participar dos leilões virtuais promovidos pelo Ministério da Economia
-Publicidade-
O ministro da Economia, Paulo Guedes, em evento na sede da pasta, em Brasília | Foto: DIVULGAÇÃO/AGÊNCIA BRASIL
O ministro da Economia, Paulo Guedes, em evento na sede da pasta, em Brasília | Foto: DIVULGAÇÃO/AGÊNCIA BRASIL | O ministro da Economia, Paulo Guedes, em evento na sede da pasta, em Brasília | Foto: DIVULGAÇÃO/AGÊNCIA BRASIL

Pessoas físicas também podem participar dos leilões virtuais promovidos pelo Ministério da Economia

guedes
O ministro da Economia, Paulo Guedes, em evento na sede da pasta, em Brasília
Foto: DIVULGAÇÃO/AGÊNCIA BRASIL

A Secretaria de Patrimônio da União anunciou na sexta-feira, 24, que abrirá concorrência pública para a venda de imóveis do governo federal pela internetAtravés de um sistema desenvolvido pelo Ministério da Economia, os interessados poderão fazer buscas e visualizar informações sobre o imóvel desejado. Uma das novidades, permitida pela Lei 14.011, é que pessoas físicas também podem comprar.

-Publicidade-

Leia também: Uma grande imobiliária chamada Brasil

“A secretaria quer vender todos os imóveis que não têm uso para a administração pública. Portanto, erradicar o abandono”, afirmou o secretário de Coordenação e Governança do Patrimônio da União, Fernando Bispo, em entrevista coletiva no Palácio do Planalto. De acordo com Bispo, há diversos imóveis públicos e terrenos subutilizados. Sendo assim, com a venda, “as unidades passarão a arrecadar IPTU nos municípios”.

Saiba por que não é fácil vender estatais no Brasil

Entre janeiro e julho deste ano, o Ministério da Economia já vendeu seis imóveis, com receita total de R$ 198 milhões. Conforme noticiou Oesteo secretário especial de Desestatização, Salim Mattar, anunciou um novo lote para vendas: 109 imóveis da União serão disponibilizados já na segunda-feira, 27. Além disso, no início deste mês, o governo garantiu que deve repassar à iniciativa privada 12 empresas públicas até 2021.

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.