Economia do Brasil está condenada a crescer, afirma Guedes

Segundo o ministro, o PIB de 2021 ficará acima de 5%
-Publicidade-
Paulo Guedes está confiante na retomada econômica do Brasil
Paulo Guedes está confiante na retomada econômica do Brasil | Foto: Dida Sampaio/Estadão Conteúdo

A economia do Brasil está “condenada” a crescer no próximo ano, afirmou o ministro Paulo Guedes nesta terça-feira, 30, durante um evento organizado pela Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC).

Para o ministro, as previsões de que o país não crescerá em 2022 são exageradas. Guedes destacou que o Produto Interno Bruto (PIB) subirá de 5,3% a 5,4% neste ano, em comparação com 2020. “No ano que vem, o crescimento será menor, mas acima de 1%”, declarou.

Guedes disse ainda que a inflação deve incomodar os brasileiros por mais tempo. Contudo, o Banco Central possui as ferramentas para controlar a alta generalizada dos preços. “Esse é o gato para caçar esse rato”, observou.

-Publicidade-

PEC dos Precatórios

O ministro também falou sobre a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) dos Precatórios. O texto já foi aprovado pela Câmara dos Deputados e pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado. A proposta é o principal trunfo do governo federal para bancar o Auxílio Brasil, programa social que substituirá o Bolsa Família. De acordo com a equipe econômica, a PEC deve abrir espaço superior a R$ 106 bilhões no Orçamento caso seja aprovada.

“Desenhamos uma PEC, mas foi bastante modificada”, ressaltou Guedes. “A proposta ainda é essencial — é o menos ruim que pode acontecer com o Brasil. Espero a aprovação, porque confio no senso de responsabilidade do Senado.”

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

7 comentários Ver comentários

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.