Inflação deve fechar 2021 em 8,6%, informa Boletim Focus

Trata-se da 27ª elevação consecutiva de projeção
-Publicidade-
Inflação deve fechar 2021 em 8,6%, segundo o Boletim Focus
Inflação deve fechar 2021 em 8,6%, segundo o Boletim Focus | Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), que mede a inflação das famílias, deve fechar 2021 com alta acumulada de 8,6%. É o que informa o Boletim Focus, divulgado nesta segunda-feira, 11, pelo Banco Central (BC). Trata-se da 27ª elevação consecutiva de projeção. A inflação prevista é de 0,08 ponto porcentual maior do que a da última semana (8,51%).

A meta de inflação de 2021, perseguida pelo BC, é de 3,75%, com intervalo de tolerância de 1,5 ponto porcentual. Para 2022, a estimativa de inflação subiu para 4,17%, ante os 4,14% registrados na semana passada. É a 12ª alta seguida, que está acima da meta para o próximo ano. Para 2023 e 2024, as estimativas são de 3,2% e 3%, respectivamente.

PIB

-Publicidade-

No Boletim Focus desta semana, a previsão de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) de 2021 manteve-se em 5%, a mesma pela quarta semana consecutiva. Para o próximo ano, o mercado diminuiu a expectativa de crescimento do PIB de 1,57% para 1,54%. Para 2023, a previsão é de 2,5%

Leia também: “A pandemia da inflação”, artigo de Alan Ghani publicado na Edição 81 da Revista Oeste

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.