-Publicidade-

Projeto contra monopólio dos Correios será encaminhado ao Congresso

É o que promete a secretária-especial do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI) do Ministério da Economia, Martha Seillier
No que depender de secretária-especial do Ministério da Economia, monopólio dos Correios está com os dias contados | Foto: REPRODUÇÃO
No que depender de secretária-especial do Ministério da Economia, monopólio dos Correios está com os dias contados | Foto: REPRODUÇÃO | correios - ppi - congresso nacional - projeto

É o que promete a secretária-especial do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI) do Ministério da Economia, Martha Seillier

correios - ppi - congresso nacional - projeto - Martha Seillier
No que depender de secretária-especial do Ministério da Economia, monopólio dos Correios está com os dias contados | Foto: REPRODUÇÃO

O governo federal deve encaminhar para análise do Poder Legislativo uma proposta que dá fim ao monopólio dos Correios na prestação de serviços postais. É o que informa a secretária-especial do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI) do Ministério da Economia, Martha Seillier.

Leia mais: “Greve faz grupo clamar pela privatização dos Correios”

A ação por parte da equipe do PPI foi revelada por Martha durante participação de evento online na tarde de ontem. Entre outros pontos, ela indicou que o projeto tende a ser encaminhado para o Congresso Nacional ao decorrer das próximas semanas. Nesse sentido, ela ressaltou que a apresentação é um passo rumo à privatização dos Correios.

“Esse serviço pode vir a ser prestado por um parceiro privado”

“O governo está trabalhando junto o ministro [das Comunicações] Fábio Faria e com o Ministério da Economia na finalização desse projeto de lei para encaminhar ao Congresso Nacional uma regulamentação de como esse serviço pode vir a ser prestado por um parceiro privado ou por alguns parceiros privados”, declarou a secretária-especial do PPI.

Greve

A informação divulgada diretamente pela integrante do Ministério da Economia ocorre na semana em que funcionários dos Correios iniciaram mais uma greve. De acordo com entidade que representa servidores da estatal, é preciso lutar pela manutenção de privilégios. Conforme noticiou Oeste, a lista de benefícios requisitados conta com “vale-cultura” e “vale-peru”.

MAIS: “Última mensagem de Salim Mattar no governo: ‘Temos de privatizar os Correios rapidamente’”

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

3 comentários

  1. Eu nao compro nada que vai vir pelos correios pq eles nao sao capazes de apertar uma campanhia eles simplismente deixao um aviso na caixa dos correios que a mercadoria se encontra num local para vc ir buscar ai começa a peregrinaçao de uma agencia a outra isso e rotina para quem mora em apartamento

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês