Mais um fundo imobiliário chega à Bolsa de Valores

Ações começaram a ser negociadas na terça-feira, 3
-Publicidade-
Foto: Canva
Foto: Canva | MGCR11 - fundo de investimentos - fii

Ações começaram a ser negociadas na terça-feira, 3

MGCR11 - fundo de investimentos - fii
Foto: Canva
-Publicidade-

Mais um fundo de investimento imobiliário (FII) passa a negociar ações na B3, a Bolsa de Valores brasileira. A estreia da vez ficou por conta da Mogno Certificado de Recebíveis High Grade. Os papéis começaram a ser vendidos no pregão de terça-feira, 3.

Leia mais: “Senado dá primeiro passo para autonomia do BC”

Com MGCR11 como código de negociação na bolsa, o mais novo FII avisa que tem o objetivo de atrair “investidores em geral”, conforme ressalta a própria B3. O fundo informa que, como ocorre no segmento, tem por intuito principal aplicar recursos em empreendimentos que proporcionem “ganho de capital” aos investidores.

O MGCR11 chegou a Bolsa de Valores do Brasil quase um mês após encerrar a sua primeira emissão de cotas. Em sete de outubro, o grupo responsável pelo FII fechou 708.221 cotas para negociação no mercado de ações. O preço de cada cota foi fixado em R$ 100,00. Ou seja: o valor total de oferta girou em torno de R$ 70.8 milhões.

Estreias

A chegada de mais um FII faz a B3 seguir agitada em 2020 no quesito estreia. Somente na semana passada, outras duas empresas começaram a negociar suas ações na bolsa: Track&Field e FIP Prisma, conforme registrou Oeste.

Mais: “Balança comercial tem mais de US$ 5 bi de superávit”

Telegram
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site