Na América Latina, só Venezuela tem tarifas de importações mais altas que as do Brasil

A Câmara de Comércio Exterior (Camex) conduz uma política protecionista
-Publicidade-
A Venezuela de Nicolás Maduro ainda supera o Brasil no quesito tarifas de importações
A Venezuela de Nicolás Maduro ainda supera o Brasil no quesito tarifas de importações | Foto: Reprodução/Twitter

Motor da abertura prometida pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, a Câmara de Comércio Exterior (Camex) conduz uma política protecionista. Na América Latina, só a Venezuela supera o Brasil em tarifas médias de importação. Cuba, Argentina, Bolívia e China, esta última localizada em outro continente, têm tarifas menos elevadas.

De acordo com o Banco Mundial, 12 países são mais fechados do que o Brasil. São eles: Chade, Camarões, Etiópia, Nepal, Bangladesh, Paquistão, Benin, Venezuela, Togo, Senegal, Quênia e Congo.

-Publicidade-

Os dados mais recentes da Organização Mundial do Comércio (OMC) mostram que a média da tarifa de importação do Brasil foi de 10,2%, em 2019, contra 13,2% da Venezuela. A tarifa média de Cuba, regime comunista, foi de 7,2%, em 2019, e, a da China, 3,5%.

Guedes assumiu o cargo de ministro há dois anos prometendo implementar o ajuste fiscal com reformas estruturantes, privatizações, cortes de subsídios e a abertura comercial — pilares do modelo liberal que levou a população a aderir à candidatura do então presidenciável Jair Bolsonaro.

Leia também: “Normalizaram o absurdo”, artigo de Rodrigo Constantino publicado na edição 40 da Revista Oeste

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.
-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site