-Publicidade-

No 3° trimestre, BNDES tem lucro de R$ 8,73 bilhões

Sinais de recuperação da economia são fortes
Prédio do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), no centro do Rio de Janeiro | Foto: Paulo Vitor/ Estadão Conteúdo
Prédio do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), no centro do Rio de Janeiro | Foto: Paulo Vitor/ Estadão Conteúdo

Sinais de recuperação da economia são fortes

no 3° trimestre
Prédio do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), no centro do Rio de Janeiro
Foto: Paulo Vitor/ Estadão Conteúdo

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) registrou lucro de R$ 8,73 bilhões no terceiro trimestre deste ano. Nos nove primeiros meses, a instituição teve ganho líquido de R$ 13,7 bilhões. “O desempenho apresentado foi fortemente influenciado pelo resultado obtido com participações societárias, entre elas: a alienação de ações de Vale, que contribuiu com um lucro líquido de R$ 4 bilhões; a equivalência patrimonial de empresas coligadas, com R$ 1,2 bilhão; e a receita com dividendos e JCP, de R$ 938 milhões”, informou o BNDES, em nota publicado pelo banco, na quinta-feira 12.

No acumulado de janeiro a setembro, a instituição ressaltou que o desempenho foi impactado pela oferta pública de ações da Petrobras, em fevereiro (R$ 4,1 bilhões), e atenuado pela constituição de provisão para risco de crédito de R$ 1,8 bilhão (R$ 1 bilhão líquido de tributos). O resultado do mesmo período de 2019 (R$ 16,5 bilhões) foi influenciado positivamente pela incorporação de Fibria pela Suzano, além de vendas de ações de Petrobras, Vale e Rede. O ativo do Sistema BNDES totalizou R$ 764,4 bilhões em 30 de setembro de 2020, uma alta de 5,0% (R$ 36,2 bilhões) nos primeiros nove meses do ano.

Leia também: “Volume de serviços do Brasil tem 4ª alta seguida”

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

1 comentário

  1. Imaginem se a grana roubada pela esquerda lulista/Odebresch fosse devolvida em prestações, o lucro do BNDES.
    Mas dinheiro roubado não tem contrato.

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês