Paulo Guedes defende Estado mínimo e eficiente

Ministro da Economia disse que, mesmo com pandemia, país ainda deve privatizar pelo menos três estatais este ano e que recursos devem estar à disposição da população.
-Publicidade-
O ministro da Economia, Paulo Guedes: estado mínimo e provatizações | Foto: MARCELLO CASAL JR./AGÊNCIA BRASIL
O ministro da Economia, Paulo Guedes: estado mínimo e provatizações | Foto: MARCELLO CASAL JR./AGÊNCIA BRASIL | paulo guedes, privatizações, estado mínimo

Ministro da Economia disse que, mesmo com pandemia, país ainda deve privatizar pelo menos três estatais este ano e que recursos devem estar à disposição da população

paulo guedes, privatizações, estado mínimo
O ministro da Economia, Paulo Guedes: Estado mínimo e privatizações
Foto: MARCELLO CASAL JR./AGÊNCIA BRASIL

Em entrevista ao programa Os Pingos nos Is, da rádio Jovem Pan, o ministro da Economia, Paulo Guedes, negou que países com empresas estatais mais fortes tenham reagido melhor à pandemia. “Se é assim, então o que podemos dizer da Coreia do Norte?”, questionou.

-Publicidade-

Ele defendeu um Estado eficiente, que esteja próximo das necessidades da população, em que os recursos possam estar rapidamente à disposição de Estados e municípios.

Guedes também anunciou que, mesmo com a pandemia, não pretende parar o ciclo de desestatizações: “Quero privatizar pelo menos três empresas ainda este ano”.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

1 comentário Ver comentários

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.