Paulo Guedes está animado com o ‘Congresso reformista’

Ministro da Economia elogia proposta de autonomia do Banco Central
-Publicidade-
Da esquerda para a direita: Silvio Costa Filho, Arthur Lira e Paulo Guedes
Da esquerda para a direita: Silvio Costa Filho, Arthur Lira e Paulo Guedes | Foto: Afonso Marangoni/Revista Oeste

O ministro da Economia, Paulo Guedes, não escondeu no início da noite desta segunda-feira, 8, seu entusiasmo com a nova fase do Poder Legislativo federal. Ao falar sobre a proposta de autonomia do Banco Central, ele elogiou o “Congresso reformista” que passa a surgir na visão dele.

Leia mais: “Senado Federal tem novos líderes partidários”

-Publicidade-

A respeito do projeto que defende a autonomia do Banco Central, o ministro elogiou o trabalho desempenhado pelo deputado Silvio Costa Filho (Republicanos-PE), relator da questão. Para o homem forte da Economia brasileira, o texto representará, caso seja aprovado, um “avanço institucional”, pois trará “estabilidade monetária” ao país.

Costa Filho, por sua vez, comemorou o fato de seu relatório ter sido validado por Paulo Guedes e pelo presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto. Para deixar o ministro da Economia ainda mais animado, o parlamentar prometeu trabalhar muito para ajudar a fazer com que o tema seja votado ainda nesta semana pelo plenário da Câmara dos Deputados.

“Um novo ciclo no Parlamento brasileiro”

De acordo com o relator, a votação só tem chance de ocorrer porque a Câmara vive um novo momento desde que Arthur Lira (PP-AL) assumiu a presidência da Casa no lugar de Rodrigo Maia (DEM-RJ). “É a retomada do diálogo”, comentou o republicano. “Um novo ciclo no Parlamento brasileiro”, prosseguiu o deputado, que cita a próxima quarta-feira, 10, como possível data para o assunto entrar na pauta da Mesa Diretora da Casa.

Uma Câmara com debate

Sem citar diretamente Maia, Lira teceu críticas a seu antecessor na cadeira de presidente da Câmara dos Deputados. Dando a entender que o membro do Democratas tinha postura diferente, ele prometeu “debate amplo” com os pares, principalmente os líderes de partidos e blocos partidários. Falando em previsibilidade, destacou que a proposta de autonomia do Banco Central havia justamente sido discutida com lideranças na última semana.

Telegram
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

5 comments

  1. Esse e o papel do Parlamento. A obrigação do presidente da Câmara e discutir todos os temas e propostas e levar ao plenário para votação. Mesmo medidas provisórias, quem pode aprovar o rejeitar é o plenário da Câmara ou do Senado. O Rodrigo Maia foi leviano e agiu mal ao sentar em cima de projetos e MP. Parabéns ao no presidente, o Lira.

  2. E o chorão Maia disse que agora vai ser oposição ao governo Bolsonaro. O inútil esqueceu que sempre foi oposição. Deve se juntar ao meu ex partido PSDB, que desesperadamente abraça desde Frota até Maia, e ressuscita FHC, que com toda sua diplomacia não teve vergonha de pedir a renuncia de Bolsonaro e se juntar em manifestos a Boulos e Jean Wyllis. Qual a utilidade dessas figuras para a recuperação fiscal, econômica e sanitárias de nosso país?

  3. O Maia tem mais alguns meses de estrela, depois some como uma estrela cadente.
    Foi-se a era maldosa de Maia no congresso. Extirpado pela arrogância, por desprezar os brasileiros , por falsidade e por ser mimado .
    Só lhe resta chupar uma chupeta e assistir Marsha, seriado infantil russo, por sinal muito bom ou galinha pintadinha. Ele escolhe.

Envie um comentário

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site