Planos de saúde ganham 1 milhão de adesões durante a pandemia

Planos coletivos empresariais registraram maior crescimento
-Publicidade-
Planos de saúde: 1 milhão de novos beneficiários
Planos de saúde: 1 milhão de novos beneficiários | Foto: Divulgação/Pixabay

Um levantamento divulgado pela Federação Nacional de Saúde Suplementar (FenaSaúde) revela que os planos de saúde ganharam a adesão de 1 milhão de beneficiários durante a pandemia de covid-19.

Segundo a pesquisa, elaborada a partir de dados da Agência Nacional de Saúde Suplementar, há 48 milhões de beneficiários nos planos atualmente, o maior número desde setembro de 2016.

-Publicidade-

Os planos coletivos empresariais são os que tiveram maior adesão, subindo 2,48%. A faixa das pessoas acima de 59 anos nesses planos foi a que mais cresceu: 3,8%. Entre aquelas abaixo dessa idade, o aumento ficou em 2,36%.

Já nos planos familiares e nos individuais, houve um aumento de 0,07% no número de beneficiários. Entre os idosos, o índice subiu 2,65%. Na faixa das pessoas com menos de 59 anos, houve queda de 0,9%.

Leia também: “Procon-SP entra com ação contra aumento em planos de saúde”

Utilização dos planos

De acordo com o levantamento, ocorreu também alta na utilização dos planos de saúde durante a pandemia, não só para a covid-19. Em março, a ocupação de leitos de unidades de terapia intensiva para pacientes com covid-19 ficou em 80%. Para outras enfermidades, atingiu 73%.

“As operadoras vão fechar o primeiro trimestre com o maior custo assistencial da história devido ao avanço da pandemia e da manutenção de procedimentos não urgentes em níveis muito altos”, afirma a diretora-executiva da entidade, Vera Valente. “As internações por covid-19 são mais prolongadas, especialmente em UTIs, que apresentam custo duas a três vezes maior que os leitos de internação não covid-19”, destaca.

De acordo com a FenaSaúde, não só os gastos foram elevados durante a pandemia, mas houve também um aumento de custos geral, totalizando R$ 31 bilhões nos últimos três anos.

Leia também: “O que falta para o SUS funcionar direito?”, reportagem publicada na Edição 47 da Revista Oeste

Com informações da Agência Brasil

Telegram
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site