-Publicidade-

Presidente do Banco do Brasil renuncia ao cargo

Executivo ficou 18 meses no governo e alegou, entre outros motivos para a saída, sentir saudades da família
O presidente do Banco do Brasil Rubens Novaes | Foto: DIVULGAÇÃO/AGÊNCIA BRASIL
O presidente do Banco do Brasil Rubens Novaes | Foto: DIVULGAÇÃO/AGÊNCIA BRASIL | O presidente do Banco do Brasil Rubens Novaes | Foto: DIVULGAÇÃO/AGÊNCIA BRASIL

Executivo ficou 18 meses no governo e alegou, entre outros motivos para a saída, sentir saudades da família

presidente do bb
O presidente do Banco do Brasil, Rubens Novaes
Foto: DIVULGAÇÃO/AGÊNCIA BRASIL

O presidente do Banco do Brasil (BB), Rubem Novaes, vai deixar o cargo no início de agosto. De acordo com o BB, o executivo alegou que o banco “precisa de renovação para enfrentar os momentos futuros de muitas inovações no sistema bancário”. Não só, quer ficar mais tempo com a família. Novaes foi indicado ao cargo pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, em novembro de 2018. Portanto, ficou pouco mais de 18 meses no governo.

Leia também: Por que não é fácil privatizar estatais no Brasil?

Até o momento, um substituto não foi anunciado. A saída do executivo ocorre em meio às mudanças anunciadas pelo BB, como os preparativos do PIX (sistema instantâneo de pagamento), e do open banking (permite que as pessoas movimentem suas contas a partir de diferentes plataformas). Os projetos têm como objetivo modernizar o banco e ampliar sua competitividade no mercado. Além disso, Novaes chegou a defender a privatização do Banco do Brasil.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias.
Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.