Privatização da Eletrobras vai reduzir a conta de luz em até 7,36%

É o que informou o Ministério de Minas e Energia
-Publicidade-
O texto que viabiliza a privatização da estatal tramita no Senado
O texto que viabiliza a privatização da estatal tramita no Senado | Foto: Divulgação/Agência Brasil

A aprovação da medida provisória (MP) que viabiliza a privatização da Eletrobas trará economia de até 7,36% na conta de luz dos consumidores residenciais. É que informou o Ministério de Minas e Energia (MME), em nota publicada na quarta-feira 9. A MP já recebeu o sinal verde da Câmara dos Deputados e está em análise no Senado. Relator do texto, o senador Marcos Rogério (DEM-RO) deve apresentar o parecer ainda esta semana.

-Publicidade-

“Estamos prestando todas as informações com dados provenientes da área técnica do ministério mas também da Agência Nacional de Energia Elétrica, Câmara Comercializadora de Energia Elétrica e Empresa de Pesquisa Energética”, declarou ontem o ministro de Minas e Energia, almirante Bento Albuquerque. O militar disse, ainda, que a queda na tarifa já vai ser sentida pelo consumidor a partir de 2022.

Leia também: “O que esperar da política energética e mineral”, entrevista com o ministro Bento Albuquerque publicada na Edição 42 da Revista Oeste

Telegram
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.
-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site