Tarcísio espera arrecadar R$ 600 milhões com repasse de portos

Termina hoje a semana de leilões de ativos do governo federal, promovidos pelo Ministério da Infraestrutura
-Publicidade-
O ministro da Infraestrutura durante leilão da Fiol, em 8/04/2021
O ministro da Infraestrutura durante leilão da Fiol, em 8/04/2021 | Foto: Reprodução/Twitter

O governo federal leiloa nesta sexta-feira, 9, quatro áreas no Porto de Itaqui (MA) e uma no Porto de Pelotas (RS). A expectativa é a de o Ministério da Infraestrutura (Minfra) obter R$ 600 milhões em investimentos privados. Segundo o cronograma da chamada “Infra Week”, o certame será realizado na Bolsa de Valores, a B3, em São Paulo. Na quinta-feira 8, o Minfra arrecadou R$ 3,3 bilhões com a concessão da Ferrovia de Integração Oeste-Leste. Um dia antes, o arrendamento de 22 aeroportos deu à União R$ 6,1 bilhões. Ao encerrar as desestatizações hoje, o Minfra prevê aportes absolutos de mais de R$ 10 bilhões. O ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, comemorou os resultados no Twitter:

Leia também: “Economia brasileira crescerá mais que o previsto, assegura FMI”

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

4 comentários

  1. O Jair precisa de mais 10 anos no mínimo no poder, só jogando chaves de cofres ao mar, como se fossem barricas de óleo lançados pelos esquerdopatas que consomem museus em chamas.

  2. Tarcísio pira a boiada do atraso!
    Parabéns Ministro e Governo Bolsonaro!
    O apetite estrangeiro não condiz com a TV Covid que retrata o mapa da desgraça!

  3. Agora só faltam as estatais que estão dando prejuízos e são usadas como aparelhamento dos “chegados”! Palmas, muitas palmas ao Ministro Tarcísio e ao nosso presidente!

  4. Super concordo com a agenda de privatizações. Só me causa receio que a China tb está indo às compras (incluindo no nosso país). Seria interessante um matéria da Oeste acerca desse assunto. É realmente temerário a China ser dona de tantas estruturas/serviços no Brasil? O que ela já detêm hoje em solo nacional? A partir de que ponto isso pode ser considerado um risco nacional?

Envie um comentário

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site