Usinas passam a vender etanol a postos de combustíveis

Usinas passam a vender etanol para postos de combustíveis.
-Publicidade-
Usinas poderão vender etanol direto a postos de combustível | Foto: Marco Aurélio Esparza/Wikimedia Commons
Usinas poderão vender etanol direto a postos de combustível | Foto: Marco Aurélio Esparza/Wikimedia Commons | usinas, etanol, postos de combustível, tirso meirelles, faesp, jair bolsonaro

Conselho Nacional de Política Energética estabeleceu diretrizes que, segundo anunciou o presidente Jair Bolsonaro, devem baratear preço nas bombas

usinas, etanol, postos de combustível, tirso meirelles, faesp, jair bolsonaro
Usinas poderão vender etanol direto a postos de combustíveis | Foto: Marco Aurélio Esparza/Wikimedia Commons
-Publicidade-

O presidente Jair Bolsonaro anunciou, nesta quarta-feira, que o Conselho Nacional de Política Energética estabeleceu diretrizes para que as usinas possam vender etanol diretamente aos postos de combustíveis.

Para Tirso Meirelles, vice-presidente da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de São Paulo (Faesp), haverá diminuição de custos e melhora na logística do setor desse combustível.

“Essa é uma demanda de mais de dez anos do setor sucroalcooleiro”, conta ele.

Meirelles nega, no entanto, que as perdas do setor com a crise do barateamento excessivo do petróleo sejam compensadas pela medida.

Leia também: “Em meio à crise, campanha estimula consumo de etanol entre brasileiros”

Telegram
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

19 comments

    1. Autorização poderá ocorrer, mas na prática não irá funcionar se o governo federal e estadual não fizerem alterações na questão tributária, da forma como está, o efeito será contrário, o etanol ficará mais caro.

      1. Ou seja, pelo texto pouco irá refletir no bolso do consumidor a curto prazo, espero que a longo prazo melhore.

      2. Por quais razões, especificamente? Quais, ou em quais sentidos, seriam necessárias as alterações na questão tributária? Se puder ilustrar com exemplos seria ótimo.

    1. Dado que Raízen produz álcool e é dona da maior rede de postos, veio a calhar…para a Raízen. Já para o consumidor só esperar pra ver.

  1. Uma medida excelente.
    Porém o protecionismo, a perda da boquinha, a Lei de Gerson, tudo isso vai trabalhar contra.
    Na realidade, anunciar só não basta, tem que já publicar a regulamentação da medida.
    Cautela e canja de galinha não fazem mal a ninguém.
    No Brasil, tem que ser como São Tomé, só acreditar quando o primeiro caminhão tanque sair direto da usina para o posto. E o dono do posto colocar placa dizendo: Que o preço do etanol baixou x reais, porque agora compra direto, se livrou das distribuidoras.

    1. Dado que Raízen produz álcool e é dona da maior rede de postos, veio a calhar…para a Raízen. Já para o consumidor só esperar pra ver.

  2. Gostaria de saber como as usinas vão se organizar para vender a cada posto, uma pequena quantidade. E essa entrega como seria. E na entre safra quando as usinas mais perto não terem álcool para entregar. Porque as usinas hoje vendem grandes lotes de álcool. Será que vão querer vender de pouco. E tenho muitas outras dúvidas.

    1. Da mesma maneira que os caminhões saem para a distribuidora vão poder ir para os postos, as usinas tem uma grande capacidade de estoque, irão concorrer com as distribuidoras, para as usinas o trabalho de vender para as distribuidoras e para os postos é o mesmo pois quase toda a produção é escoada por caminhões.

  3. Esta é uma demanda antiga. concordo com a tese, mas na minha opinião tem que ser regulamentado, pois nós somos consumidores e precisamos de segurança na qualidade do produto e neste aspecto, tem que ser criado um sistema de responsabilidade técnica pelo produto que sai da usina. A questão do preço, depende do sistema tributário que se for implantado, terá que ser revisado com certeza, pois há muitos penduricalhos no sistema atual.

Envie um comentário

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site